Guarapuava 200 Anos

Guarapuava 200 Anos

sábado, 30 de junho de 2018

Moradora de Rio Bonito do Iguaçu é procurada pela família

Mulher não mantém contato com parentes há três dias e foi vista pela última vez na rodoviária de Laranjeiras do Sul...

Josemara Borges Salvador, 30 anos, não mantém contato com a família há três dias. O caso foi registrado na delegacia de Polícia Civil de Laranjeiras do Sul.

A mulher teria saído de casa na quarta-feira, no fim da tarde. Ela seria moradora de Rio Bonito do Iguaçu, mas foi vista pela última vez na rodoviária de Laranjeiras do Sul.

Os filhos e familiares de Josemara estão desesperados.

Um boletim de ocorrência foi registrado.

Os telefones de contato para informações são: 045 98431601, 045 98032255 e 042 8405 9063.

A Polícia pode ser avisada do paradeiro da mulher pelos telefones 190 ou 197.

Cavani marca dois gols e manda Cristiano Ronaldo para casa. Uruguaios pegam a França nas quartas


Uruguai e Portugal decidiram na tarde deste sábado (30 de junho) a segunda vaga na quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. E se no primeiro confronto entre europeus e sul-americanos a vitória foi do Velho Continente (França 4 x 3 Argentina), no segundo jogo do dia foi vez do futebol latino-americano demonstrar sua força, com vitória uruguaia por 2 a 1 no estádio Olímpico Fisht.

Agora, a Celeste se prepara para enfrentar o selecionado francês na próxima fase. O confronto será realizado na sexta-feira (6 de julho), às 11h, em Nijni Novgorod.

A atuação uruguaia em Sochi foi cirúrgica, como já havia ocorrido em partidas anteriores. Se os holofotes estavam sob Cristiano Ronaldo e Luis Suárez, quem acabou roubando a cena foi Edinson Cavani, que soube aproveitar as poucas jogadas que seu time criou no jogo e foi decisivo. Foi ele quem marcou, de cabeça, o primeiro gol da partida, logo aos sete minutos. Com a vantagem, os uruguaios recuaram e pouco criaram nos contra-ataques. Foram castigados após o intervalo, com o luso-brasileiro Pepe empatando a partida aos 10 minutos. Mas o jogador do PSG definiu o triunfo uruguaio aos 16min, com um belo chute colocado no canto esquerdo de Rui Patrício.

Ainda no segundo tempo, Cavani saiu machucado e virou uma preocupação para o técnico Oscar Tabárez nas quartas de final.

Do lado português, o melhor jogador do mundo teve uma tarde apagada. Bem marcado pelo forte setor defensivo uruguaio, Cristiano Ronaldo criou pouco, embora Portugal tenha ficado a maior parte do tempo com a bola em seus pés. Ainda assim, os lusos conseguiram 'quebrar' a defesa uruguaia, que até então não havia sofrido gols na competição.

Operação faz 83 prisões e apreende 2,8 toneladas de drogas no Oeste do Paraná

Mais de 1,1 mil agentes de segurança pública, além de aeronaves e embarcações, foram empregados no Estado do Paraná durante a primeira fase da Operação Esforço Integrado, que teve início no mês de junho e abrange 139 municípios do Oeste paranaense. Nesta sexta-feira (29) a Secretaria de Estado da Segurança Pública, juntamente com representantes das forças policiais municipais e federais, apresentaram o balanço da operação.

As ações da operação foram executadas em cinco frentes: bloqueios terrestres fixos e móveis; patrulhamentos terrestres e fluviais; abordagens e fiscalização de passageiros em aeroportos, portos e terminais rodoviários; acompanhamento e monitoramento de áreas vicinais; e patrulhamento aéreo, oferecendo segurança e apoio às equipes policiais terrestres.

“Disponibilizamos um efetivo técnico e extremamente preparado e eficiente das nossas polícias do Paraná para coibir os crimes na fronteira. Aliado às forças de segurança municipal e federal, só tenho que agradecer o empenho pelo resultado obtido que servirá de exemplo para os demais estados do país”, afirmou o secretário estadual da Segurança Pública do Paraná, Julio Reis.

Durante todo o trabalho policial, 83 pessoas foram presas e oito adolescentes apreendidos. Os policiais apreenderam cerca de 2,8 toneladas de drogas entre maconha, cocaína, haxixe e crack. “As informações colhidas durante a operação vão subsidiar o planejamento de ações futuras como, por exemplo, alimentar investigações da Denarc (Divisão de Narcóticos) que já vem fazendo grandes apreensões de drogas”, disse o delegado Jorge Azor Pinto, assessor do Departamento da Polícia Civil junto ao Gabinete de Gestão Integrado de Fronteira (GGIFron).

Mais de 24,6 mil pessoas foram abordadas, 14.355 veículos vistoriados assim como 30 estabelecimentos comerciais. Ao todo foram apreendidos 130 veículos, dois ônibus, oito embarcações e 17 carros foram recuperados pela polícia. Doze armas de fogo foram apreendidas pelas forças de segurança, assim como 107 simulacros e 69 munições de diferentes calibres. Os policiais ainda encontraram 530 caixas de cigarro contrabandeados além de outros 1.413 volumes de mercadorias ilegais.

“As forças públicas do Estado do Paraná estão permanentemente reunidas, se reorganizando, para fazer frente à criminalidade. Estamos trocando informações e realizaremos novas operações para coibir o tráfico de drogas, de armas e pontualmente furtos e roubos de veículos e propriedades rurais”, afirmou o chefe do Estado-Maior da Polícia Militar, coronel Antônio Zanata Neto.

“Já estamos nos integrando com o Estado de Santa Catarina e também com o Mato Grosso do Sul e São Paulo, que são estados limítrofes do Paraná. Vamos atuar juntos de forma estratégica, observando a migração dos crimes, para planejar ações conjuntas”, acrescentou Zanata.

OPERAÇÃO

A Operação Esforço Concentrado, deflagrada e coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública, aconteceu no Paraná e em outros 10 estados do país. E tem como objetivo de reforçar a segurança em toda a área de fronteira combatendo a entrada e saída de drogas ilícitas, armas e diversos outros produtos ilegais.

Além disso, a Operação Esforço Concentrado tem como finalidade desenvolver ações conjuntas entre os órgãos federais, estaduais e municipais. Esta operação se soma a outras já em andamento na região de fronteira do Paraná.

O comandante do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), major André Dorecki, disse que o Paraná foi o primeiro estado do país a dar início à Operação Esforço Integrado. “No Paraná, a operação foi a primeira em todo o país, por causa das peculiaridades e a preocupação com a população da nossa região de fronteira”.

FRONTEIRA

O Estado do Paraná possui 208 quilômetros de fronteira com o Paraguai e 230 quilômetros com a Argentina, abarcando em sua faixa de fronteira uma população de 5,5 milhões de habitantes.

Há uma estimativa de que ao longo do Rio Paraná e do Lago da Usina de Itaipu haja mais de 300 portos clandestinos, facilitadores para a entrada de produtos ilícitos no Brasil.

Diante desse cenário, a intenção desta Operação Esforço Integrado foi aumentar a presença das forças de segurança, por meio de abordagens e bloqueios policiais, prisão de criminosos, prisão de foragidos, maior quantidade de apreensões e recuperação de veículos furtados ou roubados.

Participaram da Operação a Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Polícia Federal, Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal, ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Polícia Militar do Paraná, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil do Paraná, Polícia Científica do Paraná, Departamento de Inteligência do Estado do Paraná, Guardas Municipais, Agência Brasileira de Inteligência e Receita Federal.

Aneel mantém bandeira vermelha nas contas de luz de julho

A exemplo de junho, as contas de luz terão bandeira vermelha no patamar 2 também no mês de julho –o que acarretará em uma cobrança extra de R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. As informações são da Agência Brasil.

A manutenção da tarifa extra foi decidida nesta sexta-feira (29) pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), tendo por base a “manutenção das condições hidrológicas desfavoráveis e a tendência de redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional”.

Nos quatro primeiros meses do ano, vigorou a bandeira verde, o que não implicava em cobrança extra na conta de luz. Em maio, vigorou a bandeira tarifária amarela, em que há adicional de R$ 1 na conta de energia do consumidor a cada 100 kWh consumidos.

SISTEMA

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

A adoção de cada bandeira, nas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. No patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3,00 a cada 100 kWh; já no 2, o valor extra sobe para R$ 5,00.

Moro impõe tornozeleira eletrônica para Dirceu

O juiz Sergio Moro assinou despacho nesta sexta-feira (29) impondo medidas cautelares ao ex-ministro José Dirceu, como o uso de tornozeleira eletrônica.

Na terça (26), a Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) concedeu liberdade para Dirceu, que estava preso desde maio, após o TRF-4 determinar a execução provisória da pena. O STF entendeu que o ex-ministro deve aguardar em liberdade o julgamento dos recursos nos tribunais superiores.

Moro proibiu Dirceu de deixar o país e determinou a entrega de seu passaporte. O ex-ministro deve comparecer na Justiça Federal em Curitiba (PR) até terça-feira (3) para colocar a tornozeleira eletrônica.

"Ademais, condenado José Dirceu de Oliveira e Silva a penas elevadas, a prudência recomenda-se o monitoramento eletrônico para proteger a aplicação da lei penal", escreveu o magistrado no despacho.

Em abril, o TRF-4 rejeitou recurso do ex-ministro e manteve sua condenação a 30 anos e nove meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Uninter Apoiando evento em Prol da AGAMA

                             

Moraes, ministro do STF, nega pedido de Lula e o mantém preso

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou um pedido do ex-presidente Lula e julgou improcedente uma reclamação de sua defesa contra uma decisão de Edson Fachin, relator dos processos de Lula na corte. Com isso, Moraes negou a soltura do petista em uma das três frentes em que a defesa atua no Supremo.

A decisão foi antecipada pela Folha de S.Paulo. 

Moraes foi sorteado nesta sexta (29) para relatar uma reclamação de Lula contra a decisão de Fachin que enviou, na última segunda (25), um pedido de liberdade para análise do plenário. Ao negar a reclamação, Moraes manteve o pedido de soltura para ser julgado no plenário.

A defesa queria que essa reclamação fosse distribuída para a relatoria de algum dos quatro ministros da Segunda Turma, excetuando Fachin, que era o alvo da reclamação. No entanto, o STF sorteou livremente entre todos os magistrados do tribunal, e caiu o processo caiu com Moraes, que é da Primeira Turma.

Os advogados de Lula chegaram a pedir para Moraes reconsiderar a distribuição e mandar a reclamação para algum ministro da Segunda Turma, mas esse pleito também foi indeferido.

A defesa queria a análise do pedido de liberdade na Segunda Turma, formada por cinco ministros, porque nela as decisões têm sido mais favoráveis a réus na Lava Jato. Na última terça (26), por exemplo, a turma soltou o ex-ministro José Dirceu por 3 votos a 1. Os advogados entendem que a Segunda Turma é o juiz natural para analisar pedidos de Lula.

"O juiz natural é o órgão do Poder Judiciário, investido de todas as garantias institucionais e pessoais previstas na Constituição Federal, cuja competência tenha sido determinada por regras objetivas previamente editadas para que não seja afetada a independência e a imparcialidade do órgão julgador", escreveu Moraes na decisão.

Segundo ele, Fachin fundamentou a corretamente a decisão de remeter o pedido de liberdade ao plenário, com base no regimento interno do Supremo.

"Inexistiu qualquer violação ao Princípio do Juiz Natural, pois a competência constitucional é desta SUPREMA CORTE, que tanto atua por meio de decisões individuais de seus membros, como por atos colegiados de suas Turmas ou de seu órgão máximo, o Plenário, nos limites jurisdicionais estabelecidos pelo Regimento Interno", afirmou Moraes.

Guaraniaçu - Departamento de Urbanismo recebe Equipamentos Novos

Vinculado à Secretaria de Agricultura, o setor de Urbanismo, coordenado pelo colaborador Leonardo Rigo, recebeu nesta semana, uma nova leva de equipamentos.

Segundo informa o secretário de Agricultura, Leandro Rigo, os novos equipamentos permitem maior qualidade e agilidade nos serviços realizados pela equipe de trabalho que atende em especial, a área urbana como bairros e centro.

O vice-prefeito, José Gracioso, que também acompanha de perto, as ações dos setores de Agricultura e Urbanismo, destacou como de suma importância a aquisição destes novos equipamentos.

“Nossos colaboradores necessitam de condições para desempenhar o trabalho no dia-a-dia, e precisamos investir constantemente para oferecer estas condições”, finalizou o vice-prefeito.

O secretário de Agricultura, relacionou os equipamentos adquiridos e agradeceu o apoio do prefeito Osmário Portela, que não tem medido esforços para oportunizar condições dignas de trabalho aos funcionários do setor.

Foram adquiridos da empresa Tomazelli & Tomazelli Comércio de Implementos da cidade de Cascavel nesta leva de equipamentos:

03 – Roçadeiras ao custo de R$ 5.100,00
02 – Motosserras (um modelo por R$ 1.400,00 e outro modelo por R$ 1.600,00) totalizando R$ 3.000,00
01 – Soprador ao custo de R$ 2.000,00
01 – Podador ao custo de 900,00

Totalizando R$ 11.000,00 de investimentos

E também foram adquiridos das empresas Sandri & Cia Ltda e Antônio Maciel Simioni do Prado –ME ambas de Guarnaniaçu:

01 – Serra Mármore
01 – Lavadora de Pressão
01 – Pulverizador Jacto PJH 20 LT 
01 – Lixadeira UND 
01 – Parafusadeira

Polícia Ambiental flagra mais crimes na região de Guarapuava

A polícia segue realizando ações para fechar o cerco contra os crimes ambientais em Guarapuava e região. Os mais recentes foram registrados pela Polícia Ambiental em Turvo, nessa quinta feira (28). Os casos foram divulgados em relatório, nesta sexta (29). Do início do mês para cá, pelo menos 20 crimes ambientais foram registrados na região.

De acordo com a Polícia Ambiental, dois crimes foram flagrados na área rural do município. O primeiro deles envolve o corte ilegal de pinheiro (Araucária angustifólia), espécie em extinção. No espaço, havia destruição e vegetação secundária, do bioma mata atlântica, que estava em estágio médio de regeneração. Foi constatado o corte seletivo de 12 árvores.

Ainda segundo a polícia, destas 12 árvores, seis se encontravam em área de preservação permanente. O proprietário da área relatou que não possuía autorização para os cortes que fez. Uma vez que os únicos vestígios do crime ambiental eram os tocos e a copada das árvores, não foi apreendida nenhuma tora de pinheiro, pois todas já haviam sido retiradas do local. O proprietário foi orientado a não dar continuidade ao corte dos pinheiros.

SEGUNDO CASO
                       
Outro caso registrado em Turvo, também em área rural, envolve o uso de um forno de carvão construído e funcionando a menos de 30 metros de um córrego. No mesmo local havia uma pilha de lenha nativa armazenada (miguel pintado, guabiroeira e pimenteira), a qual totalizou 4,30 m³. Também foram encontrados 115 palanques de imbuia, os quais totalizaram 1,84 m³, e 260 sacos de carvão, os quais possuíam, em média, 15 kg cada, totalizando 3.900 kg. O proprietário do local não possuía autorização para o funcionamento de fornos de carvão e para o armazenamento de madeira nativa.

A polícia apreendeu os materiais encontrados. Para ambos os casos, foram encaminhados ofícios à Delegacia de Polícia Civil, bem como ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP), para que sejam tomadas as medidas penais e administrativas cabíveis, respectivamente.

Deral reduz previsão de safra de milho do Paraná

O Paraná deverá colher 9,4 milhões de toneladas de milho na segunda safra 2017/18, uma queda de mais de 500 mil toneladas na comparação com o levantamento de maio, estimou nesta quinta o Departamento de Economia Rural (Deral), do governo paranaense.

Com o Estado contabilizando as perdas decorrentes de adversidades climáticas, como a seca, a produtividade média da safra de milho foi prevista em 4,4 toneladas por hectare, ante 4,7 toneladas na estimativa anterior.

Isso deverá deixar a safra do segundo Estado produtor de milho do Brasil bem abaixo do potencial, que era de uma colheita acima de 12 milhões de toneladas.

Deputado Evandro Roman consegue liberação de 200MIL para UOPECCAN em Cascavel

Evandro Roman foi protagonista de mais uma conquista para Cascavel, mais especificamente para uma das grandes entidades da cidade: o Hospital do Câncer de Cascavel. Ontem, o Ministério da Saúde autorizou o pagamento de uma emenda parlamentar do deputado para a Uopeccan, no valor de R$ 200 mil.

O valor é considerado de custeio, o que significa que o hospital está autorizado a utilizar o dinheiro de forma livre, sem prazo e de acordo com as necessidades da entidade. A operação, desde a solicitação da emenda por parte de Roman até a liberação da verba, se deu com grande rapidez.

"Fico orgulhoso em contribuir com mais esse benefício a uma entidade que presta um serviço tão importante e humano como é o caso da Uopeccan. O dinheiro já está disponível para uso e, com certeza, ajudará essas pessoas em situações tão delicadas", comemora Roman.

Porto Barreiro - Secretaria de Educação adquire novos materiais pedagógicos para a literatura infantil

É muito importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas histórias, pois possibilita o aflorar do imaginário infantil, o encontrar e criar novas ideias, estimula o intelecto, o descobrir o mundo, o sentir emoções, desenvolvendo assim, todo o potencial da criança, levando-a a pensar, questionar, duvidar e perguntar.

A escola como um todo deve ter como papel principal, preparar e incentivar os alunos a mergulharem no universo da leitura, despertando o interesse e o prazer pelo ato de ler. Por isso, é que se devem inserir as crianças no mundo dos livros desde bem pequenas e uma das principais ferramentas para se conseguir isso, é por meio da literatura infantil.

Pensando nisso, a Secretaria de Educação de Porto Barreiro adquiriu novos materiais pedagógicos relacionados a literatura infantil. São fantoches, mascaras e outros utensílios que auxiliam na contação de história. Segundo a secretaria de educação do município, Adriana Poleze Dallastra, o dinheiro para a compra veio da APMF da escola, parceria essa que está rendendo bons frutos e só é possível graças ao bom relacionamento com o Governo Municipal.

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Forte chuva de granizo é registrada em municípios do Sudoeste

                                             


       
Uma chuva de granizo atingiu alguns municípios do Sudoeste do Estado Paranaense, na noite desta sexta-feira, as principais cidades afetadas são Francisco Beltrão e Marmeleiro. 

Nas imagens enviadas por internautas, é possível ver o tamanho das pedras que caíram na região,  é possível ver a quantidade de granizo que caiu sobre as ruas das cidades. 

Alguns danos foram registrados, mas, a princípio, não há registro de pessoas feridas.

Emater realiza entrega do Programa Trator Solidário em Porto Barreiro



Na última quinta-feira, 28, o Programa Trator Solidário contemplou um agricultor do município de Porto Barreiro. Alvair Antonio Sgarbi, da comunidade Guarani do Cristo Rei, adquiriu um trator New Holland TL75 Cabinado, tendo o Banco do Brasil como agente financeiro.

O Programa Trator Solidário é promovido pelo Governo do Paraná através da Secretaria do Estado da Agricultura e Abastecimento, oferecendo tratores, máquinas e implementos a preços inferiores aos praticados pelo mercado, além de juros de 5,5% ao ano e prazo de 10 anos para pagamento, beneficiando o agricultor familiar. Os projetos técnicos são feitos pela Emater e passados para os agentes financeiros.

Thiago Ruppenthal Bobato, engenheiro agrônomo da Emater de Porto Barreiro, explica que para fazer parte do Programa Trator Solidário, basta o agricultor familiar definir um agente financeiro participante do Programa, como o Banco do Brasil, e se dirigir ao escritório da Emater de seu município para maiores informações, definição do equipamento e realização do projeto técnico.

Além do Programa Trator Solidário, os agricultores interessados também podem procurar a Emater de seu município para a elaboração de projetos técnicos de investimento e custeio para as demais linhas de crédito, tanto agrícola quanto pecuário.

FALTA de orçamento do GOVERNO FEDERAL , fecha agência da RECEITA FEDERAL em Laranjeiras do Sul

UMA Vergonha para Governo Federal ,prejuízo para Empresários de toda Região 
Três agências da Receita Federal localizadas em Iporã, Loanda, no noroeste, e em Laranjeiras do Sul, no oeste do Paraná terão suas atividades suspensas no dia 6 de julho. Segundo o órgão, a medida foi tomada por contenção de despesas.

No Brasil, a Receita Federal vai suspender atividades de 25 agências. A baixa demanda por atendimento foi o principal critério utilizado pelo órgão para escolher as unidades.

A agência de Iporã, por exemplo, realizou 10 atendimentos diários, em média, em maio deste ano. Em Loanda, foram 21 atendimentos por dia, e em Laranjeiras do Sul foram 20 atendimentos diários, em média.

De acordo com a Superintendência Regional da Receita Federal, os impactos para os contribuintes atendidos nestas agências serão mínimos, pois o atendimento virtual corresponde a 90% dos serviços realizados.

Para fazer o Cadastro de Pessoa Física (CPF) é possível fazer a solicitação pelos Correios, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

Em caso da necessidade de comparecer a uma unidade da Receita Federal, os atendimentos serão absorvidos pelas agências das cidades mais próximas.

Os contribuintes de Iporã, podem procurar a agência de Umuarama, de Loanda devem ser atendidos pela agência de Paranavaí e, os atendimentos de Laranjeiras do Sul serão transferidos para Cascavel.

Termina prazo para políticos se afastarem de rádios e TVs

Os pré-candidatos que têm programas de rádio ou na televisão devem “sair do ar” a partir de amanhã. De acordo com o calendário eleitoral, nesta data até a eleição as emissoras de rádio e TV estarão proibidas de transmitir programas apresentados ou comentados por pré-candidatos. Pelo menos quatro deputados estaduais com mandato apresentam programas no Paraná. Além de apresentar, a lei também impede que os políticos sejam comentaristas. 

“A partir de 30 de junho do ano da eleição, é vedado, ainda, às emissoras transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena, no caso de sua escolha na convenção partidária, de imposição da multa e de cancelamento do registro da candidatura do beneficiário”, diz a legislação. 

Entre os pré-candidatos ao governo do Estado, o deputado estadual Ratinho Junior (PSD) é o único que apresenta um programa, o ‘Microfone Aberto’, na rádio Massa FM. A assessoria do político informou que ele deixa a apresentação hoje, véspera do prazo final, para atender a exigência da legislação eleitoral. 
Além de apresentador, Ratinho Jr é herdeiro de um império de comunicação no Paraná. Seu pai, Carlos Massa, o apresentador Ratinho, detém ou arrenda diversas concessões de rádio e TV. Ele é dono da emissora de TV Rede Massa, afiliada do SBT no Estado, além do portal Massa News na internet, e de sinal de rádio em pelo menos 15 cidades paranaenses.
Somente a Rádio Massa FM possui emissoras em Curitiba, Londrina, Blumenau, Maringá, Paranaguá, Foz do Iguaçu, Telêmaco Borba, Alta Paulista, Lages, Francisco Beltrão, Ouro Fino , Ponta Grossa, Florianópolis, Guarapuava e Assis Chateaubriand. Já a TV transmite para Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Foz do Iguaçu.

Propaganda

Com isso, a família deve cuidar para não descumprir a legislação, que entre outras coisas também impede que candidaturas sejam enaltecidas em detrimento de outras. Segundo a lei eleitoral é proibido “veicular propaganda política ou difundir opinião favorável ou contrária a candidato, partido, coligação, a seus órgãos ou representantes; dar tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação”. Mesmo que não apresente o programa, o político detentor de influência em emissoras também não pode permitir que outros candidatos sejam ridicularizados. É proibido “usar trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito”, diz a lei. 

Entende-se por “trucagem” todo e qualquer efeito realizado em áudio ou vídeo que degradar ou ridicularizar candidato, partido político ou coligação, ou que desvirtuar a realidade e beneficiar ou prejudicar qualquer candidato, partido político ou coligação.

Telinha 

Além de Ratinho Junior, dos 54 deputados estaduais do Paraná, três outros também apresentam programas. São eles Gilberto Ribeiro, na RIC TV, afiliada da TV Record no Paraná; Luiz Carlos Martins, apresentador na Rádio Banda B, que transmite sinal de rádio FM para Curitiba e algumas cidades da região metropolitana, e Cobra Repórter, na Rádio Cultura, de Rolândia, no Norte do Paraná. Todos já informaram que vão deixar os respectivos programas. 

A regra não vale somente para os detentores de mandatos, mas para todos os pré-candidatos que têm programas no rádio e na TV.

Campo Bonito - Busca de diversificação agrícola em visita a Capitão

Com o objetivo de conhecer as boas praticas na valorização da pequena propriedade e conhecer o projeto da fruticultura implantada em 2005, ainda no primeiro mandato do prefeito de Capitão Leônidas Marques, Claudio Quadri, retomado recentemente ,ainda em fase de adaptação foi instalado um ponto de recebimento de frutas com capacidade de compra da produção local.

Foram inseridos algumas espécies frutíferas na diversificação com a visão no aumento de renda da agricultura familiar.

Esta ação fez com que o prefeito de Campo Bonito, Antonio Carlos Dominiak, enviasse na terça dia 26 a Capitão uma equipe composta pelo técnico agrícola Jair Ortiz, o técnico e proprietário da empresa Campotec, Renato Barros, o produtor da vila rural, Jose Vieira e o assessor de imprensa Claudio Picolli, para uma visita técnica em busca de conhecimentos com a possibilidade de ser implantado no município no futuro.

A equipe foi recepcionada pelo secretário de agricultura de capitão Valdir Giachini,o vereador Luiz Vieira o assessor de comunicação Rui Dobbins e o Ronaldo Silva, proprietário da empresa de recebimento dos produtos.

O Técnico agrícola Jair Ortiz, disse que o alvo é diversificar as atividades desenvolvidas no campo,buscando o fortalecimento de renda,valorizando o produtor rural e seus familiares.

O prefeito Toninho reeiteirou que é preciso essa busca por conhecimentos, só assim será possível oferecer as condições imprescindíveis para os projetosmesmo que sejam a longo prazo,mais que posteriormenteprocedam a diferença na vida do produtor rural através da diversificação.

Maioria do Supremo decide pelo fim da obrigatoriedade da Contribuição Sindical

O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou nesta sexta-feira (29) pedidos para tornar novamente obrigatório o pagamento da contribuição sindical. A decisão foi tomada pela maioria dos ministros, com placar de 6 a 3 votos. A Corte analisou 19 ações apresentadas por entidades sindicais contra a regra da reforma trabalhista, aprovada no ano passado que tornou o repasse facultativo. A contribuição equivale ao salário de um dia de trabalho, retirado anualmente na remuneração do empregado para manutenção do sindicato de sua categoria.

Ao final do julgamento, 6 dos 11 ministros do STF votaram em favor da manutenção da nova regra de facultatividade: Luiz Fux, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Cármen Lúcia. Contra votaram 3 ministros: Edson Fachin, relator da ação, Rosa Weber e Dias Toffoli. Não participaram do julgamento os ministros Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

As entidades sindicais alegaram forte queda em suas receitas, comprometendo a negociação de acordos coletivos e serviços de assistência aos trabalhadores. Argumentaram ainda terem problemas formais na aprovação da nova regra. Para as entidades, o fim da obrigatoriedade não poderia ser aprovado em uma lei comum, como ocorreu, mas sim por lei complementar ou emenda à Constituição, que exigem apoio maior de parlamentares.

A maioria dos ministros, porém, considerou que a Constituição não fixou uma norma rígida em relação às formas de financiamento dos sindicatos, passível de mudança pelo Congresso. Além disso, entenderam que a liberdade sindical também pressupõe autonomia do trabalhador, dando a ele opção de não se filiar e também não ser obrigado a manter o sindicato. Os ministros chamaram a atenção para a multiplicação dos sindicatos, chegando a mais de 16,8 mil entidades. Em países da Europa, América do Norte e África, o número de sindicatos varia entre 100 e 200 organizações.

O julgamento das ações começou nesta quinta, 28, com a manifestação de várias centrais sindicais, da Advocacia Geral da União (AGU) – que representa o governo e o Congresso – e também da Associação Nacional das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), única a defender a mudança.

Sulina define a programação para a Festa do Colono e Motorista

A tradicional festa em homenagem ao colono e motorista da cidade de Sulina, sudoeste do Paraná, que chega a sua 30ª edição já tem a programação definida. As festividades deste ano iniciam no dia 15 e se estendem até o dia 25 de julho.

A programação conta no dia 15 com um almoço a base de pratos típicos alemães no centro de eventos, logo após matinê com a banda Os Guris. No dia 17 haverá a celebração na Igreja Matriz de uma missa italiana e dia 18 Encontro Regional da 3ª Idade organizado pela Secretaria de Promoção Social.

A partir do dia 02 de julho estarão abertas as inscrições para o 24º Festival Municipal da Canção (FEMUCAN). A eliminatória acontece no dia 20 e a grande final no dia 21 no Centro de Eventos, nos dois dias a entrada é gratuita. Dia 22 as 9h30 haverá missa dos trabalhadores na Igreja Matriz e dia 24, as 9h30 missa Alemã também na Igreja Matriz.

No principal dia da festa, 25 de julho, a programação inicia às 6 horas da manhã com Alvorada Festiva e roda de chimarrão no Centro de Eventos. Também às 6 horas inicia no Centro Comunitário Vilmar Sangaletti o café colonial. O desfile com bênção de veículos e máquinas agrícolas inicia às 8 horas com saída da Casa Familiar Rural. Às 12 horas acontece o tradicional almoço no Centro de Eventos, a partir das 14 horas haverá show com as bandas Fritz 4 e Pérola Negra.

Governadora Cida Borghetti estará em Turvo neste domingo (1º)

A governadora Cida Borghetti estará em Turvo neste domingo (1º de julho) para a emissão da ordem de serviço para a regularização de 608 terrenos no município. O ato faz parte do Programa Morar Legal Paraná, e é uma parceria entre a Prefeitura, a Cohapar e o Governo do Paraná. “A regularização desses terrenos é uma reivindicação antiga. Agora, com a documentação oficializada, essas famílias passam a ser efetivamente donas das suas áreas e terão acesso a linhas de crédito para melhorar ainda mais as suas propriedades. É uma conquista para essas famílias que estão sendo beneficiadas”, enfatizou o prefeito Jeronimo do Rosário.

O evento de assinatura da ordem de serviço será realizada pela governadora Cida Borghetti e pelo diretor presidente da Cohapar, Nelson Cordeiro Justus, às 09h, no salão paroquial da Igreja Matriz, ao lado da Prefeitura.

REUNIÃO

De acordo com o prefeito Jeronimo do Rosário, ainda no domingo há a expectativa da assinatura do termo de compromisso com a governadora para tratar da liberação dos créditos de ICMS para a Indústria Ibema. Os recursos são fundamentais para a realização da pavimentação da Rodovia João Maria de Jesus, que liga a PR 466 á indústria Ibema. “Desde o início de 2017 a administração busca meios para realizar da melhor forma e o mais breve possível essa obra”, concluiu o prefeito.

Estradas de CANTAGALO continuam intransitáveis , moradores COBRAM e Prefeitura e Vereadores nada fazem


Infelizmente não adianta cobrar mais , este foi o desabafo de um morador que mostra através de fotos a precariedade de suas estradas , não consegue transitar  carro , ônibus e nem tirar produção...esta é a realidade das estradas no município de cantagalo, pior que TODOS os argumentos do poder público se esgotaram e até agora muito pouco fizeram...

Rede Social

              


Saga REI - O FOLGADO....continua cometendo os mesmos PECADOS !!!

                                           
O rei parece que havia mudado , só parece ...continua o mesmo folgado de sempre , e pior cometendo os mesmos pecados que sempre cometeu .
Na frente dos súditos é  DEUS te abençoe , por trás é forrupa e festa com a bastarda que ainda não desistiu de querer assumir o trono..no lugar da princesa , que agora não desgruda do REI , em suas viagens provincianas a Capital do Reino , ela não desgruda pois já conhece as manias e meios...mas assim que ele pode,arregaça as mangas e todo faceiro viaja pelo reinado a aprontar ....agora com novas aventuras e novidades... 

Dois municípios do Paraná estão entre os dez com maiores índices de desenvolvimento

O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), que mede o desenvolvimento dos municípios brasileiros, voltou a crescer em 2016, depois de dois anos de quedas consecutivas. O indicador fechou em 0,6678, abaixo do 0,6715 registrado em 2013. Esse resultado mostra o impacto da retração econômica que levou a uma queda de 6,4% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas produzidas no país, com reflexos nas três vertentes que compõem o estudo: emprego e renda, saúde e educação.

Divulgado nesta quinta-feira (28) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), com base em dados de 2016, o IFDM 2018 monitora os indicadores sociais em 5.471 municípios, onde vivem 99,5% da população brasileira. Dois municípios do Paraná estão entre os dez com maiores índices Em quinto lugar aparece Apucarana, no Paraná, com 0,8806 ponto. A cidade é um importante centro industrial. Ainda no Sul do país, o município de Lajeado (RS), polo da indústria alimentícia, ocupa a sexta posição com 0,8789 ponto.Toledo (PR) está na 7ª posição com 0,8786 ponto.

O estudo adota uma escala de avaliação que vai de 0 a 1 - quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento do município. As cidades são divididas em quatro categorias: baixo desenvolvimento (de 0 a 0,4), desenvolvimento regular (0,4 a 0,5), desenvolvimento moderado (de 0,6 a 0,8) e alto desenvolvimento (0,8 a 1). O índice vem sendo aferido há uma década.

No resultado geral, incluída a média das notas dos três indicadores (emprego e renda, saúde e educação), foram observados apenas 431 municípios com alto rendimento, o equivalente a 7,9% do total.

Hussein Bakri e mais 12 réus são condenados em União da Vitória por “caixa dois”

O Juízo da 33ª Vara Eleitoral de União da Vitória, região Sudeste do estado, condenou o deputado estadual Hussein Bakri e outros 12 réus por ilícitos eleitorais. Os fatos que geraram as punições referem-se às eleições municipais de 2016, nas quais os réus, de acordo com a sentença, cometeram ilícitos como abuso do poder político e econômico, formação de “caixa 2” e doações ilegais à campanha.

De acordo com a ação ajuizada pela Promotoria Eleitoral de União da Vitória, o deputado envolveu-se na campanha para tentar eleger o genro como prefeito da cidade. Porém, ele foi derrotado no pleito.

Todos os réus receberam como pena a inelegibilidade por oito anos. Cabe recurso da decisão.

Porto de Paranaguá cobra R$ 26 milhões na Justiça do ex-superintendente Eduardo Requião

Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) entrou na Justiça para cobrar R$ 26 milhões - em valores atualizados - do ex-superintendente Eduardo Requião de Mello e Silva, que comandou os portos de 2003 a 2008.

A cobrança na Vara da Fazenda Pública de Paranaguá, ajuizada em 21 de junho, deve-se a uma série de irregularidades constatadas na administração pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR).

Uma decisão de 2017 do órgão de controle - a qual não cabe mais recurso - indicou, entre outros problemas, que Requião permitiu o pagamento de R$ 53.473,35 a mais do que o previsto em contrato a uma empresa de dragagem.

O TCE-PR também apontou ausência de fiscalização em obras, alterações em contrato sem formalização de aditivos, pagamento antecipado de R$ 11 milhões de um acordo judicial com uma empreiteira, divergências entre saldos dos extratos bancários e os apresentados em balancete e deficiência de planejamento para execução de projetos.

O ex-superintendente negou as irregularidades no processo que tramitou na corte de contas, mas os conselheiros não acataram os argumentos da defesa. A reportagem tenta contato com Requião.

A partir da intimação dele, o prazo para apresentar contestação à cobrança judicial de R$ 26 milhões é de três dias.

MEC terá novo sistema de exames e passará a avaliar creche em 2019

A educação infantil será avaliada pela primeira vez no ano que vem pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Atualmente, as avaliações nacionais são aplicadas apenas a partir do ensino fundamental. Ao contrário das outras etapas, as crianças das creches e pré-escolas não terão que fazer nenhuma prova. A avaliação será por meio de questionários aplicados a professores, dirigentes e equipe escolar.

Serão avaliadas por exemplo questões de infraestrutura e formação dos professores. As escolas serão bem ou mal avaliadas se ofertarem as condições necessárias para o desenvolvimento das crianças. Entram no cálculo, entre outras questões, a oferta de brinquedos. O anúncio foi feito hoje (28 de junho), pelo ministro da Educação, Rossieli Soares.

“Aumentamos o acesso e não conseguimos olhar para os fatores de qualidade de qual educação está sendo entregue nas creches e na educação infantil”, diz. O Brasil tem hoje segundo o Inep, cerca de 32% das crianças de até 3 anos matriculadas em creches e 91,5% das crianças de 4 e 5 anos matriculadas em pré-escolas.

O ministro diz que a intenção é que os pais e responsáveis das crianças também possam fazer parte da avaliação. A expectativa é que isso ocorra a partir de 2021.

Além da avaliação da educação infantil, o Inep vai reformular o sistema de avaliação de toda a educação básica. Os diversos nomes das provas: Prova Brasil, Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), entre outras, deixarão de existir e todas as avaliações são identificadas como etapas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Ao todo, o sistema terá seis etapas de avaliação: creche, pré-escola, 2º ano do ensino fundamental, 5º ano do ensino fundamental, 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio.

Todas as avaliações, incluindo a da educação infantil serão feitas de dois em dois anos, sempre nos anos ímpares. Os resultados serão divulgados nos anos pares. As mudanças passam a valer em 2019.

ALFABETIZAÇÃO ANTECIPADA

A ANA, aplicada no 3º ano do ensino fundamental deixará de existir. Agora os estudantes serão avaliados no 2º ano, geralmente com 7 anos, sobre o que aprenderam em língua portuguesa e matemática. A primeira prova será no ano que vem. A mudança ocorre para adequar a avaliação à Base Nacional Comum Curricular do ensino infantil e fundamental (BNCC), homologada pelo MEC no final do ano passado. A Base estabelece os conteúdos mínimos que deverão ser ensinados em todas as escolas do país.

Pela Base, as crianças, em todo o país, deverão ter acesso desde cedo a conteúdos de português e matemática. Até o 2º ano do ensino fundamental, os estudantes deverão ser capazes de ler e escrever. Além disso, aprenderão conteúdos de estatística e probabilidade.

“A BNCC puxou a alfabetização para o 2º ano e, agora com a avaliação desse ano teremos indicadores”, diz o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Alessio Costa Lima. Os municípios são os principais responsáveis pela oferta de educação infantil e fundamental. Lima também elogiou a inclusão da educação infantil no sistema de avaliações e disse que essa é uma demanda antiga dos dirigentes e que vem sendo discutida há anos.

Com o anúncio da mudança, ANA não será aplicada este ano.

CIÊNCIAS 

As avaliações do 5º e do 9º ano, antiga Prova Brasil, continuarão sendo aplicadas. Elas avaliarão as habilidades dos estudantes em língua portuguesa e matemática. Haverá, no entanto, uma novidade: a prova do 9º ano passará a avaliar a partir de 2019 ciências da natureza e ciências humanas.

A mudança aproxima a avaliação brasileira de avaliações internacionais como o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), aplicado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aos estudantes de 15 anos de diversos países. Em 2015, na última avaliação, o Brasil ficou em 63ª posição em ciências, em um ranking com 70 países ou regiões.

Apesar de serem avaliadas em ciências, a competência não entrará no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) pelo menos até a avaliação de 2021, quando termina a série histórica do índice. O Ideb é considerado um importante indicador de qualidade do ensino. O índice vai até dez e é calculado de dois em dois anos para português e matemática do 5º e do 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio.

Segundo o ministro, a intenção é que ciências passe a valer também para indicar a qualidade das escolas a partir de 2023.

ENSINO MÉDIO

Os estudantes do 3º ano do ensino médio serão avaliados no ano que vem em língua portuguesa e matemática. Os estudantes do ensino médio eram avaliados de forma amostral. A partir de 2017, a prova passou a ser censitária, aplicada em todas as escolas públicas. A avaliação seguirá com esse formato.

Com a aprovação da BNCC para o ensino médio, atualmente em discussão no Conselho Nacional de Educação (CNE), a intenção é que esses estudantes passem, no futuro, a ser avaliados também em ciências humanas e da natureza.

INCLUSÃO

As avaliações não serão obrigatórias para as escolas particulares, mas aquelas que quiserem poderão aderir ao sistema. “Nós estamos discutindo avançar a necessidade da avaliação em todas as escolas privadas. É uma agenda que o MEC vai discutir com a sociedade nos próximos dias para que a gente coloque sempre um olhar de qualidade para a educação pública e também para as escolas privadas", diz o ministro da Educação.

APLICAÇÃO ELETRÔNICA

A partir do ano que vem, os questionários aplicados a professores, dirigentes e diretores escolares, com exceção dos aplicados aos estudantes, serão eletrônicos. O Inep testará de forma piloto a aplicação eletrônica da própria avaliação aos estudantes. A versão digital será testada em algumas escolas. Os estudantes farão a prova regular e, além disso, a versão eletrônica, apenas para teste.

Afastadas sanções a ex-prefeito, secretários e presidente da Câmara de Foz

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) afastou as sanções aplicadas ao ex-prefeito de Foz do Iguaçu Paulo Mac Donald Ghisi (gestões 2005-2008 e 2009-2012), a secretários municipais da sua gestão e ao ex-presidente da Câmara Municipal Edílio João Dall´Agnol. O ex-gestor havia recebido 21 multas; e cada um dos outros envolvidos haviam sido sancionados, individualmente, com uma multa, em razão do provimento irregular de cargos em comissão no município.

As multas foram aplicadas no julgamento de Relatório de Inspeção realizado no município entre novembro e dezembro de 2011, em razão de irregularidades referentes ao provimento excessivo de cargos em comissão, sem que as funções correspondessem a assessoria, chefia ou direção. Os cargos foram providos no Gabinete do Prefeito (2 cargos em comissão); nas secretarias de Administração (7), Agricultura (3), Assistência Social (19), Assuntos Internacionais (4), Comunicação Social (7), Desenvolvimento Socioeconômico (7), Educação (17), Esportes e Lazer (11), Fazenda (7), Gestão de Pessoas (29), Governo (16), Juventude e Cidadania e Antidrogas (3), Meio Ambiente e Obras (26), Planejamento Urbano (11), Saúde (37) e Tecnologia da Informação (2); na Procuradoria-Geral do Município (13); na Foz Previdência e na Foz Habita (11); na Foztrans (4); e na Fundação Cultural (85) do município.

A nova decisão foi tomada no julgamento no qual os conselheiros deram provimento aos Recursos de Revista interpostos pelo ex-prefeito, pelos ex-secretários municipais e pelo ex-presidente da câmara em face do Acórdão nº 5485/15 da 1ª Câmara do TCE-PR, por meio do qual o Tribunal havia aprovado o relatório e sancionado os envolvidos.

Grandiosa Festa Julina na Capela São Paulo em Laranjeiras do Sul

  

MDB do Paraná abandona candidatura de Osmar Dias

O ex-senador Osmar Dias (PDT) perdeu o apoio do MDB para disputar o governo do Paraná.

A bancada estadual do partido tomou as dores do senador Roberto Requião.

Segundo os deputados emedebistas, o time de Osmar tem dito que Requião tem rejeição para justificar aproximação com correligionários do ex-governador Beto Richa (PSDB).

“Osmar virou um ‘Ratinho’ de barba”, criticou um parlamentar do MDB, ao lamentar a falta de clareza do irmão do senador Alvaro Dias acerca de temas como privatização da Copel, da Sanepar, e dos pedágios.

A tendência é o MDB não apoiar ninguém para o governo do estado, lançar Requião ao Senado e liberar as bancadas (estadual e federal) para subir no palanque de quem os deputados quiserem.

Neste jogo quem perde é Osmar, mas quem ganha é Ratinho Junior (PSD).

Artagão Júnior participa de reunião na Câmara de Vereadores de Diamante do Sul

O deputado Artagão Júnior cumpriu agenda nesta quinta-feira (28) em Diamante do Sul, onde foi recebido na Câmara de Vereadores. O parlamentar esteve reunido com o prefeito Fernando Risso, com o vice Juvenal Campanholi, o ex-prefeito Darci Tirelli, vereadores, lideranças e a população em geral.

Artagão Júnior fez um balanço do trabalho que vem sendo realizado através dos recursos viabilizados junto ao Governo do Estado. Na última quarta (27), o prefeito esteve no gabinete do deputado e assinou convênio com a Sanepar para levar água tratada a mais de 80 famílias que residem nas comunidades de Pinhalito e Pinhalzinho. Os investimentos serão de aproximadamente R$ 300 mil. Na segunda (25), o município garantiu R$ 13,9 mil mensais da Secretaria de Saúde para custeio da atenção primária e Saúde Bucal. No começo do mês, foram liberados R$ 74,4 mil através do programa Fortalecimento e Qualificação da Vigilância em Saúde (Vigiasus).

Também recentemente, o deputado Artagão Júnior viabilizou R$ 100 mil para a compra de um trator e R$ 60 mil para a construção de um playground.

Poder executivo , Legislativo , Secretarias e Rede Municipal e estadual de ensino se reúnem PROFISSIONAIS DA 5ª REGIONAL DE SAÚDE DE GUARAPUAVA

A reunião aconteceu no Paço Municipal onde foi debatido sobre as principais medidas já adotadas desde o primeiro caso de meningite atendido pela Secretaria de Saúde do município e quais as precauções que podem ser adotadas pela população para prevenir a bactéria da meningite.

Segundo o Diretor da Regional Marcio Brunsfeld de Oliveira, “é graças ao excelente trabalho da Secretaria de Saúde vem desenvolvendo desde o primeiro caso já foi registrado, o qual foi imediatamente diagnosticado e encaminhado para a casa hospitalar”, declarou.

Já para o enfermeiro que trabalha na seção de epidemiologia da 5ª Regional, Thiago Kanarek, devido aos casos de meningite não é vem ao caso para se paralisar as aulas. Segundo ele, “nas escolas as precauções já estão sendo tomadas desde o início. Se antecipar as férias, o contato dos alunos pode ser maior ainda, pois estarão viajando ou realizando outras atividades fora do âmbito familiar”, declarou.

“Neste momento o problema maior é quanto à conscientização de todos, em casa ou em outros locais, sempre lavar as mãos com água e sabão, utilizar álcool gel, manter os locais sempre ventilados e principalmente, não compartilhar bebidas ou outros objetos que tenham contato com a saliva”, alertou Adriano Brum, Chefe da Divisão de Vigilância em Saúde - DVVGS.

O prefeito Neimar Granoski solicitou a equipe de Governo à produção de um material informativo para orientação e distribuição à população quanto aos sintomas e as formas de evitar a contaminação com a bactéria da meningite.

As mesmas medidas adotadas para combater bactéria da meningite, valem também para a infecção pelo vírus da Influenza.

Presidente da CÂMARA João Badotti paga 550,00 para retirar COFRE ''PODRE'' do prédio em REFORMA

                                        
            Quantos dias um trabalhador leva para ganhar 550,00 ?

              O Presidente da Câmara de Vereadores de Laranjeiras do Sul o vereador João Badotti (PSC 20) ,  gastou R$550,00 para retirar o cofre velho
 '' podre '' do porão da antiga Casa de leis nas qual ele pretende gastar mais de MEIO MILHÃO de reais , dinheiro que poderia estar sendo aplicado em mais saúde , infraestrutura e educação em Laranjeiras do Sul ....gastos estes relacionados no Portal da transparência.