terça-feira, dezembro 22, 2020

Boletim aponta 1.497 casos de dengue no Paraná desde agosto, com 122 novas confirmações

O número de casos de dengue confirmados no Paraná chegou a 1.497, desde agosto, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), nesta terça-feira (22).

Na comparação com o último boletim, divulgado na semana anterior, houve aumento de 122 diagnósticos. A Sesa informou que 1.188 dos casos confirmados são autóctones, ou seja, foram contraídos no estado.

No ano epidemiológico, de acordo com o relatório, o Paraná registra cinco mortes pela doença e 15.981 notificações.



As mortes por dengue foram confirmadas em boletins anteriores, nas cidades de Foz do Iguaçu, Londrina, Cambé, Apucarana e Assaí.

Zika e Chikungunya

A secretaria informou que foram confirmados, em boletins anteriores, três casos de Chikungunya no estado, sendo que dois deles são autóctones e um importado. São duas confirmações em Londrina e uma em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba.

O boletim aponta 81 notificações para a doença.

Ainda segundo a Sesa, um caso autóctone de Zika Vírus foi confirmado no período epidemiológico, em Cambé, e o Paraná registra 22 notificações.

Vírus

Segundo a secretaria, existem quatro tipos de vírus de dengue no Paraná: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. Cada pessoa pode contrair a infecção provocada pelos diferentes sorotipos, e a imunidade é gerada após a contaminação por cada um.

A reincidência da dengue pode agravar os sintomas, podendo desenvolver a forma grave da doença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário