sexta-feira, outubro 22, 2021

Projeção feita por estudo nos EUA mostra que Ilha do Mel pode ser “engolida” pelo mar

 Segundo projeções feitas pelo aplicativo Climate Central, a Ilha do Mel, no Paraná, um dos mais belos destinos do litoral brasileiro, sofrerá graves influências do aquecimento global já no ano de 2030, tornando-se praticamente desfigurada até o ano de 2100. O degelo das calotas polares trará um impacto devastador a localidades da costa brasileira. A Ilha do Mel, por exemplo, será dividida em duas já nos próximos anos segundo as projeções. 

Mais detalhes da simulação foram apresentadas pelo site Livre.jor, que mostra a porção menor da ilha, onde ficam a gruta de encantadas e o farol, perdendo sua conexão territorial com a massa mais extensa da ilha. A gruta de encantadas seria tomada pelas águas, bem como parte do comércio e das residências da região.

De acordo com o cenário mais pessimista, no prazo mais curto das projeções, a ilha poderia vira rum arquipélago formado por quatro a seis porções de terras independentes. Os efeitos devastadores do aumento no nível dos oceanos seria sentido especialmente nas baías de Paranaguá e Guaratuba.

O estudo teve como foco principal os impactos nos Estados Unidos e os impactos por lá são mais precisos. No entanto, segundo os pesquisadores, ele vale para se desenhar os impactos ao redor do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário