sábado, outubro 02, 2021

JOVEM de 17 anos GRÁVIDA entrega carta a enfermeiro dizendo ser vítima de CÁRCERE PRIVADO em Guarapuava

 
Uma adolescente de 17 anos, grávida, foi resgatada pela Polícia Militar nessa quinta feira (30 de setembro) em Guarapuava após contar o drama que estava vivendo em uma carta, deixada a um enfermeiro que atendeu.
 
A ocorrência foi registrada pela PM às 16h55, quando os policiais da Equipe de Policiamento Maria da Penha com a Equipe de Rádio Patrulha Extrajornada, foram comunicados que uma adolescente pedia por ajuda em uma carta entregue a um enfermeiro.
 
Ela informava que não podia sair da casa e que havia sido agredida. Era impedida de ligar para a Polícia. A adolescente estava sendo mantida em Cárcere Privado pelo amásio.
 
As equipes se deslocaram até o endereço na rua Colorado, no bairro Boqueirão, onde constatou que a residência estava trancada e com as cortinas fechadas, impossibilitando a visualização. 
 
A porta foi aberta por um homem de 21 anos, e em seguida saiu a adolescente, de 17 anos, grávida de cinco meses, a qual estava chorando e com algumas lesões no rosto. Ela contou que as lesões foram causadas pelas agressões do homem na data de 28 de setembro de 2021. 
 
Havia também uma medida protetiva contra o autor, datada de 21 de julho de 2021. 
 
Porém, em conversa com a adolescente, esta informou que havia saído no mês de julho da casa da sua mãe e foi até a casa do autor, para reatar o relacionamento.
Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao autor e as partes foram encaminhadas à14ªSDP para os procedimentos cabíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário