quarta-feira, setembro 01, 2021

Virmond - Secretaria de Saúde alerta para o tratamento e prevenção no atentado contra a vida

Infelizmente o tema prevenção ao suicídio é pouco falado, e os índices demonstram a gravidade desse assunto, visto que o Brasil é o oitavo país em número absoluto de suicídio. 
 
Existe um grande tabu em relação ao tema, muitos acreditam que ao se falar em suicídio estão incentivando as tentativas, porem isso é mito, precisamos debater sobre esse assunto, além de falar precisa-se oferecer ajuda. 
 
Não estar bem consigo mesmo não é frescura, e sim doença. Na tentativa suicida muitas vezes a pessoa não quer acabar com a vida, mas sim com o seu problema, a dor parece ser tão grande que ela não vê outra saída.
 
Segundo a Psicóloga Elizandra Aparecida Rodriguês Sebastião (CRP 08/23707), “em vez de criticar precisamos orientar para que a pessoa busque ajuda, falar sobre o problema é sempre a melhor solução. Toda pessoa que fala em tentar suicídio apresenta um risco eminente e merece ser investigado e dedicado uma atenção especial, aquela fala que permeia por aí de que, quem fala que vai se matar, não se mata, não é verdade. Por impulsividade e em um momento de desespero a fatalidade acontece. Uma escuta especializada e sem julgamento é essencial”, destacou. 
 
“Na vida nunca estamos sozinhos, por mais difícil que se pareça o caminho, sempre tem uma saída que não seja o suicido, vale lembrar que somos importantes para alguém”, finalizou Elizandra. 
 
Se você não está se sentindo bem ou conhece alguém que apresenta ideação suicida busque ajuda, vá até a unidade básica de saúde do nosso município, e tenha em mente sua vida vale muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário