sábado, setembro 18, 2021

Após três meses, 13 mil aplicadores aguardam pagamento do concurso da PM

Uma mulher curitibana de 36 anos que trabalhou como aplicadora de prova no concurso da Polícia Militar, realizado em 13 de junho pelo núcleo de concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, ainda não recebeu o pagamento pelos serviços prestados. De acordo com o contrato de trabalho, ela deveria receber R$ 150 em até 30 dias, mas, após mais de três meses, continua no aguardo. 

A mulher, que pediu para não ser identificada para evitar que seja excluída de futuros concursos, é mãe solo de três crianças e se inscreveu para conseguir um dinheiro extra para sustentar a família, já que sua profissão principal – de bartender em eventos – foi fortemente afetada pela pandemia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário