domingo, agosto 22, 2021

Paraná - Agentes que atuam nas unidades prisionais participam de curso de Inteligência Penitenciária

Agentes que atuam nas unidades prisionais do Paraná participaram do curso Noções de Inteligência Penitenciária, promovida pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento Penitenciário (Espen). Dividido em etapas, o curso teve término na última semana, em Curitiba.

Ao todo, 113 agentes em todo o Estado participaram da capacitação que teve como objetivo preparar os servidores para atuar na captação e tratamento das informações das unidades penais. “As unidades prisionais são fonte de informações para a segurança pública como um todo, por isso é importante capacitar esses profissionais para que o trabalho seja padronizado e integrado em todo o Paraná”, afirmou o diretor-geral do Depen, Francisco Caricati.

Segundo o chefe da Agência de Inteligência do Depen, Adailton Taques, o curso é resultado de uma parceria entre Espen, Agência de Inteligência e Assessoria de Segurança do Depen. “Desde o início do ano estamos percorrendo todas as regiões do Estado para capacitar esses servidores. Contamos com uma equipe empenhada e também com a instrução do servidor da Assessoria de Segurança, Adriano de Souza Rodrigues, um profissional extremamente habilitado, que possui uma extensa bagagem no sistema prisional, atuou em diferentes unidades penais e consegue transformar essa experiência em conhecimento”, disse o Taques.

PROPÓSITOS - Ele explicou, ainda, que o curso busca preparar os agentes para o levantamento rápido de informações abrangentes, precisas e oportunas, visando identificar as ameaças potenciais ou efetivas ao sistema penitenciário do Estado, que possam auxiliar na tomada de decisões.

“Nosso propósito foi apresentar aos servidores e gestores a importância da atividade de inteligência no interior das unidades penais como principal ferramenta no enfrentamento ao crime organizado” ressaltou a diretora da Espen, Marilza Hack.

Dividido em etapas, o curso foi aplicado nas regiões de Curitiba, Foz do Iguaçu, Cascavel, Maringá, Francisco Beltrão, Londrina, Ponta Grossa e Guarapuava. Foram adotados todos os cuidados necessários para o combate à COVID-19, de acordo com os protocolos estabelecidos pela Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário