quinta-feira, julho 01, 2021

Polícia Militar de Catanduvas e rotam são acionadas após MST invadir propriedade

Nesta quarta-feira, 30 de junho de 2021, por volta das 10h40min, compareceu até o Departamento de Polícia Militar de Catanduvas, um senhor relatando que por volta das 8h, o seu sítio que fica localizado na Linha Ervalzinho, foi invadido por integrantes do Movimento Sem Terras.

Diante do fato, a equipe policial entrou em contato com o comandante do DPM em Catanduvas e com o comandante da 2ª CIA do 6ª BPM, os quais enviaram a equipe ROTAM e a equipe RPA de Catanduvas até a localidade invadida para averiguar a situação.Thank you for watching

Ainda no DPM o proprietário apresentou a escritura pública de compra e venda das terras, a propriedade em questão tem cerca de 8 alqueires.

As equipes se deslocaram até a propriedade, onde haviam aproximadamente 40 pessoas com bandeiras do MST. O líder do movimento foi identificado e em conversa com os policiais o homem disse que invadiram o local pois a área pertence a mesma escritura da propriedade que está em litigio na justiça e o movimento já estaria ocupando parte desta área, o líder do movimento ainda relatou que foram orientados pelo advogado do movimento a ocupar o restante das terras.

Os policiais então apresentaram a escritura que o atual proprietário possui do imóvel e o líder do movimento afirmou ter recebido a mesma informação pouco antes da chegada da PM.

Após a conversa e diante da documentação apresentada, os invasores decidiram desocupar a propriedade pacificamente.

As equipes policias permaneceram no local até que todas as pessoas se retirassem do local. Segundo a Polícia Militar de Catanduvas, as pessoas que realizaram a invasão, fazem parte do acampamento que faz divisa com a propriedade que foi alvo nesta manhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário