segunda-feira, junho 21, 2021

SE A MODA PEGA - Major da PM é flagrado transando no quartel e acaba preso

 O militar ganhou liberdade provisória apenas no sábado (19/6), após audiência de custódia. Segundo a decisão, à qual o Metrópoles teve acesso, o oficial está proibido de mudar de endereço sem prévio aviso e terá de comparecer a todos os atos do processo.

O artigo 235 do Código Penal Militar, que versa sobre pederastia ou outro ato de libidinagem, detalha o crime como praticar, ou permitir o militar que com ele se pratique ato libidinoso, homossexual ou não, em lugar sujeito a administração militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário