domingo, abril 11, 2021

Pinhão - Segunda-feira, 12, inicia a vacinação contra a H1N1

A 23ª Campanha de Vacinação Nacional contra a influenza H1N1 inicia em todo o Brasil na segunda-feira, 12 de abril. 

Crianças serão vacinadas primeiro

Para não coincidir com a vacinação da Covid-19, nesse ano o Ministério da Saúde decidiu iniciar a vacinação pelas crianças, gestantes e pessoas acima de 60 anos.

As pessoas podem e devem tomar as duas vacinas, devendo manter um intervalo de 15 dias entre a aplicação da vacina da covid-19 e da H1N1.

Locais de vacinação

O coordenador do setor de imunização do municipio de Pinhão/PR, o enfermeiro Samoel Ribeiro, informou que nesse primeiro momento serão dois os locais de vacinação, na sala de vacinação no Posto Central e no PSF e Posto de Saúde da Família da Vila Caldas, “Vamos iniciar assim porque na Vila Caldas já é uma sala cadastrada para receber a vacina. Porque estaremos nesse primeiro lote recebendo 25% do total das doses que deverão vir para o município”. A partir do momento que chegarem mais lotes da vacina H1N1, eles levarão as vacinas para mas PFS’s.

Pais já devem levar as crianças

O coordenador reforça a importância da vacinação nesse período, pois a vacina leva em torno de 15 dias para formar o ciclo total de proteção no organismo, “O inverno ainda não iniciou e não temos a circulação do vírus da influenza H1N1, assim as crianças se vacinando nessa etapa ficam protegidas, preparadas para o periodo forte do inverno”.

Samoel lembra que todos devem levar a carteirinha de vacinação a idade máxima é 5 anos, 11 meses e 29 dias, se a criança tiver completado 6 anos, ela não pode tomar a vacina, é uma regra do Ministério da Saúde.

Gestantes e Puérperas

Nessa etapa também serão vacinadas as gestantes e elas devem trazer o cartão de gestante e a carteirinha de vacinação.

Puérperas, mulheres que estão no período de 45 dias após o parto, devem trazer a certidão de nascimento do bebê.

Profissionais da Saúde

Para poder atender a todos e sem aglomerar, primeiro serão vacinados todos os trabalhadores da saúde que atuam no SUS, e após, irão avisando os da rede privada para irem tomar a vacina, explicou Samoel.

A primeira etapa vai de 12 de abril a 10 de maio

Será para todas as crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde.

Segunda etapa, 11 de maio a 8 de junho

Nessa etapa serão vacinados os idosos acima de 60 anos e os professores das escolas públicas e privadas.

Terceira etapa, 9 de junho a 9 de julho

Quando serão vacinadas as pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Pessoas com deficiência permanente, as forças de segurança e salvamento e forças armadas. Caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário