sábado, março 06, 2021

Prefeito de Salto do Lontra participa de festa com 200 pessoas em meio à pandemia, diz MP-PR

O prefeito de Salto do Lontra, no sudoeste do Paraná, Fernando Cadore (PDT), foi denunciado pelo Ministério Publico do Paraná (MP-PR) após ser flagrado em uma festa com mais de 200 pessoas em meio à pandemia da Covid-19.

A Justiça aceitou a denuncia do MP-PR por improbidade administrativa e determinou o bloqueio de bens em R$ 273 mil do político, que é o equivalente a 15 salários do prefeito.

Conforme o MP-PR, a festa aconteceu em um pátio de posto de combustíveis, em fevereiro, com música ao vivo, aglomerações e com várias pessoas sem máscaras.

A promotoria quer também que o prefeito seja obrigado a pagar R$ 250 mil em multa por danos sociais e morais.

O prefeito de Salto do Lontra disse que não foi citado pela Justiça e se pronunciará depois de tomar conhecimento da decisão. 

Denúncia

A ação civil pública foi aberta após a promotoria receber imagens que mostram o prefeito na festa conversando com outras pessoas.

Conforme a denúncia, a promotoria afirma que o político infringiu os decretos estaduais e municipais, além de ter sido omisso na fiscalização.

A denuncia aponta ainda que o prefeito não usava máscara e não adotou o mínimo de cuidado em relação a distanciamento social, inclusive, permitindo a aglomeração de pessoas.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), até sexta-feira (6), Salto do Lontra registrou 853 casos confirmados do novo coronavírus e 11 mortes pela Covid-19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário