sexta-feira, novembro 19, 2021

Ratinho Jr explica como será atendimento nas estradas após fim do pedágio

 O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) aprovou  uma série de recomendações ao governo estadual relacionadas ao fim dos contratos de concessão das rodovias do Paraná. As concessões se encerram ao final de novembro e, até que as novas empresas sejam escolhidas e assumam os contratos, as cancelas de pedágio ficarão abertas, sem cobrança.

A poucos dias para o fim dos contratos com as atuais concessionárias de pedágio, o governador Ratinho Júnior falou de como o governo do estado se prepara para assumir as rodovias.

No dia 28 de novembro, com o fim dos atuais contratos e até a entrada das novas empresas, os governos federal e estadual serão responsáveis pelas rodovias

Tribunal de Contas

Um relatório aprovado por unanimidade pelos conselheiros do TCE-PR recomenda que, com as cancelas abertas, as praças de pedágio sejam padronizadas, com sinalização e iluminação adequadas. O documento também recomendou que as passagens dos ônibus intermunicipais sejam reduzidas , já que não há  mais o custo do pedágio. Segundo o TCE, a redução deve acontecer no mesmo dia do encerramento dos atuais contratos.

O governador também falou sobre a recomendação do TCE sobre a contratação de serviços específicos para o atendimento de ambulâncias nas estradas. Já  para o serviço de guincho o governador explicou que está fazendo parceria com a iniciativa privada e a Polícia Rodoviária Estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário