quarta-feira, novembro 10, 2021

Cadeia produtiva do leite vive momento complicado

Em função da inflação, do aumento dos custos de produção e do baixo preço pago, a atividade do leite no Paraná tem sofrido grandes impactos". 

O setor tem pouco a comemorar na 1ª Semana do Leite, evento organizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para ressaltar a importância do alimento e seus derivados para a saúde, para a economia do País e para a geração de renda nos municípios.

Como se isso tudo não bastasse, o produtor entrega leite sem saber o preço e que só recebe 15 dias após o fechamento do mês.  "Precisamos encontrar um mecanismo que dê mais segurança aos produtores, que movimentam a economia do nosso Estado a partir do seu trabalho", ressaltou o deputado Wilmar Reichembach.

O Paraná é o segundo maior produtor de leite do Brasil, com 4,3 bilhões de litros por ano. A maior bacia leiteira paranaense fica na região Sudoeste, que produz 1 bilhão de litros anualmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário