quarta-feira, julho 14, 2021

Se doses chegarem, Paraná pode antecipar fim da vacinação, que seria em 30 de setembro

Com uma maior disponibilidade de vacinas, o Paraná conseguiu nos últimos dois meses acelerar o ritmo da vacinação contra a Covid-19. Em julho, ao longo de 13 dias, o estado já aplicou 921.064 doses do imunizante, ao passo que em junho haviam sido 2.134.842 aplicações, recorde para um único mês no estado desde o início do programa de imunização, no final de janeiro. Com esses dados positivos, é possível até mesmo que a meta de vacinação da população acima de 18 anos seja antecipada.

Por ora, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa-PR) prevê que até o dia 30 de setembro toda a população maior de idade no Paraná estará imunizada, mesmo que parcialmente (ou seja, com a aplicação de ao menos uma dose da vacina contra o coronavírus). Isso representaria um contingente de aproximadamente 8,39 milhões de pessoas vacinadas contra a doença pandêmica até o final do terceiro trimestre de 2021.

Desde o início do programa de imunização, em janeiro, uma média de 28.627 paranaenses foram vacinados contra a Covid-19 diariamente. Nos últimos meses, porém, o estado conseguiu acelerar consideravelmente o ritmo da vacinação. Em junho, por exemplo, foram aplicadas, a cada dia, 64.383 primeiras doses do imunizante por dia, enquanto em julho essa média estava, até ontem, em 49.092 (uma diferença que se explica também pelo aumento, de um mês para o outro, no número de segundas doses aplicadas, que passaram de 6.778/dia em junho para 21.759 em julho).

Nenhum comentário:

Postar um comentário