domingo, julho 04, 2021

Novo decreto – Guarapuava está sob bandeira amarela

 Neste sábado (03), Guarapuava bateu um novo recorde de vacinados, atingindo mais 2.894 mil aplicações de primeira dose. Durante uma visita à Central de Vacinação, o prefeito Celso Góes aproveitou para anunciar a mudança de bandeiramento na cidade, após 4 semanas de permanência na cor laranja. Celso reforçou que, apesar da alteração, devemos manter os cuidados.

Com a publicação do decreto 8819/2021, que tem efeitos retroativos às 0h deste sábado (03), a cidade, agora, está sob a bandeira amarela. O toque de recolher passa a ser das 23h horas até às 06h da manhã, mercearias e mercados podem abrir aos domingos, já a capacidade de atendimento de diversos estabelecimentos foi ampliada. 

 O comércio em geral (lojas de roupas, calçados, produtos para casa, móveis, eletrodomésticos, eletrônicos), por exemplo, passa a ter limitação de 50% de ocupação da capacidade, com funcionamento de segunda à sexta-feira (08:00 às 22:00 horas) e sábados e domingos (08:00 às 20:00 horas). Os supermercados, por sua vez, podem abrir durante a semana até as 22h e aos domingos das 8h às 20h. Já os restaurantes podem atender com 50% da capacidade diariamente das 10h às 23h. No entanto, os bares tem limitação de público de 25% de ocupação (ou até 30 clientes) e horário de funcionamento de segunda à sábado, das 10h às 23h e domingos das 10h às 20h. 

 Durante a bandeira amarela, clínicas estéticas e salões de beleza, cabeleireiros, barbeiros etc., podem funcionar com limitação de 50% de ocupação dos locais até as 22h, durante a semana, e nos sábados e domingos até às 21h.  Academias de ginástica para práticas esportivas, individuais ou coletivas, podem funcionar com 50 % da capacidade (limitado a 60 alunos), de segunda à sábado (06:00 às 23:00 horas) e domingos (06:00 às 20:00 horas). 

 Para saber tudo que o que mudou, leia o decreto aqui: Decreto_8819, ou acesse o pdf produzido pela Secretaria de Comunicação com os detalhes do novo bandeiramento: BANDEIRAMENTO_AMARELO

 Mudança

Entre as justificativas para a mudança no bandeiramento está a queda na ocupação dos leitos de enfermaria nas últimas semanas, mas principalmente a diminuição da quantidade de óbitos e novos casos de infecção pelo coronavírus. A Matriz de Risco que avalia o avanço da contaminação e a sobrecarga no sistema de saúde do município fechou o mês de junho na cor amarela. Neste sábado (03), o índice atingiu 7 pontos.

Anexos ao decreto, foram publicados os gráficos que mostram a desaceleração dos casos de Covid-19, após a adoção do sistema de bandeiramento.

O secretário de Saúde, Jonílson Pires, enfatiza que todos devem continuar agindo com responsabilidade. “É uma alegria podemos ter a redução de casos em nossa cidade, mas cada um de nós deve fazer a sua parte para que a situação não se agrave e as medidas endureçam novamente”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário