terça-feira, julho 20, 2021

MPPR recomenda que deputado estadual deixe de se apresentar como responsável pela compra de vacinas contra covid-19

Uma recomendação administrativa do Ministério Público do Paraná pede ao deputado estadual Douglas Fabrício (Cidadania) para que ele retire das redes sociais mensagens que se configuram como promoção pessoal para aquisição de vacinas contra a covid-19. Segundo a 3ª Promotoria de Justiça de Campo Mourão, o objetivo é fazer com que o parlamentar deixe de se apresentar como responsável pela compra de doses de imunizantes para os municípios paranaenses. De acordo com o Ministério Público, foram identificadas ao menos sete publicações que o deputado teria atribuído a si o mérito pelo envio de vacinas a algumas cidades. O deputado tem até o próximo sábado (24) para informar as medidas tomadas para atendimento à recomendação do MP, entre as principais: excluir das redes sociais todas as publicações que atribuam a ele o mérito do fornecimento das vacinas do Governo Federal. O deputado estadual Douglas Fabrício enviou uma nota para se posicionar sobre o assunto:

“Covid 19: Reivindicar apoio às ações de enfrentamento a pandemia é atribuição do deputado Douglas Fabrício.

Solicitações de vacinas e remédios vêm sendo feitas constantemente

Desde o início da pandemia do Covid 19 “Coronavírus”, ainda em março de 2020, o deputado estadual Douglas Fabrício vem desenvolvendo uma série de ações na Assembleia Legislativa do Paraná e junto ao Governo do Estado em apoio aos trabalhos realizados em hospitais e demais unidades de saúde, bem como no processo de vacinação para a imunização, que depende de demandas para toda a região. A reivindicação de vacinas através da Secretaria de Estado da Saúde vem sendo fundamental em função da grande população regional e consequentemente do número de casos nos municípios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário