sábado, julho 24, 2021

Laranjeiras do Sul - Vereadora VALEIDE SCARPARI participou de AÇÕES no Dia de Combate ao Feminicídio

A Prefeitura de Laranjeiras do Sul, por meio da Secretaria de Assistência Social, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e o Conselho Municipal da Mulher realizou ações referentes ao Dia de Combate ao Feminicídio no Paraná. Representando o Poder Legislativo e a Procuradoria da Mulher do Município, a vereadora Valeide Scarpari participou das ações.

O dia no Paraná foi instituído pela Lei 19.873/2019, sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior em referência à data do Feminicídio contra a advogada Tatiane Spitzner, em Guarapuava. Em todo o Estado as ações de prevenção devem ser trabalhadas de forma contínua pela rede de proteção, sendo que é uma das atribuições da Secretaria Municipal de Assistência Social proteger e fortalecer as pessoas.

Dentro das ações de quinta-feira, ocorreu "pit stop" com a colocação de adesivos nos veículos, entrega de jornais informativos sobre o tema e Folders. Segundo a vereadora Valeide, a violência contra a mulher pode estar presente em todos os lugares, classes sociais, idades, em relacionamentos longos ou recentes, entre jovens, adultos e idosos. “Por isso temos que falar sobre o assunto e auxiliar as mulheres, para que elas saibam quais são suas opções e a quem recorrer em situações de violência”, destacou a vereadora, que chamou a atenção para vítimas de violência recorram à Procuradoria. "Estamos à disposição para auxiliar", concluiu.

CINCO TIPOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER


FÍSICA: Agressão física que pode ou não deixar marcas, como empurrões, chutes, tapas, socos, puxão de cabelos, arremesso de objetos com a intenção de machucar, sacudir ou segurar com força, cortar, queimar.

SEXUAL: Quando a vítima é obrigada a presenciar, manter ou participar de relação sexual ou contato físico não desejado, por meio de intimidação, ameaça ou uso da força. Também acontece quando ela é forçada ao matrimônio, à gravidez, ao aborto, à prostituição, a participar de pornografia ou é impedida de usar qualquer método para evitar a gravidez.

PSICOLÓGICA: Ação que causa dano emocional, diminuição da autoestima ou que impeça o direito de fazer as próprias escolhas. Atitudes como ameaçar, humilhar, perseguir, chantagear, constranger, controlar o que a mulher faz, não deixá-la sair, isolar sua família e amigos, procurar mensagens no celular ou e-mail.

PATRIMONIAL: Quando há retenção, furto, destruição de bens materiais ou objetos pessoais da vítima, como instrumentos de trabalho, documentos e roupas, controlar ou tirar dinheiro contra a sua vontade.

MORAL: Depreciar a imagem e a honra da vítima por meio de calúnia, difamação e injúria, como espalhar boatos e falsas acusações. Essa violência também pode ocorrer pela internet. Um exemplo é vazar fotos íntimas nas redes sociais como forma de vingança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário