sábado, julho 10, 2021

Crea-PR e Governo do Estado firmam convênio para fiscalização em projetos de obras públicas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) firmou convênio com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (Sedu). A parceria estabelece condições de cooperação mútua entre a Sedu, o Serviço Social Autônomo Paranacidade, a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e a Paraná Edificações (Pred) nas áreas de fiscalização, cooperação administrativa e desenvolvimento gerencial. Entre os objetivos, estão sistematizar a divulgação e realização conjunta de ações, compartilhar informações e dados e realizar eventos, palestras e trocas de experiências. O convênio tem vigência até 31 de dezembro de 2022.

Mariana Alice Maranhão, Engenheira Ambiental, gerente do Departamento de Fiscalização (Defis) do Crea-PR, relata que o Conselho tem buscado parcerias com o Poder Público para melhorar a eficiência da fiscalização, entre outros objetivos.

“O Paranacidade e a Cohapar, por exemplo, são grandes contratantes de empresas de Engenharia. Assim, o Defis tem acesso às informações e pode verificar se as empresas que participam das licitações de obras públicas estão registradas e se não há indícios de irregularidades”, comenta.

A gerente detalha que os órgãos ligados à Sedu permitem acesso a informações georreferenciadas que alimentam o Sistema de Informações Geográficas (SIG) do Conselho. Com as coordenadas das obras, o Crea-PR faz o cruzamento de dados e os agentes de fiscalização conseguem verificar rapidamente o que já foi fiscalizado e o que não, o que facilita a montagem de rotas e a logística.

“Com as parcerias, buscamos mais assertividade na fiscalização e também otimizar os recursos do Conselho. Além de verificar se as empresas estão regularizadas, também fiscalizamos a conduta dos profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências que possam estar envolvidos em licitações e projetos de obras públicas no Estado”, acrescenta a gerente do Defis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário