quinta-feira, maio 13, 2021

Inquérito concluído: Pai de agressor que estuprou menina de dois anos, mata jovem a tiros e morre por Covid


A Polícia Civil concluiu o inquérito policial que apurou a morte de um jovem, de 21 anos, a tentativa de homicídio de um rapaz, de 24, e o abuso sexual contra uma criança de 2 anos. Os fatos, que estão relacionados, ocorreram no bairro São Caetano, em Betim, região metropolitana de BH, em 21 de fevereiro. A vítima de 24 anos é o pai da menina violentada.

Em decorrência da investigação, realizada pela Delegacia Especializada de Homicídios em Betim, foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável um homem de 34 anos. Em relação aos homicídios, as apurações concluíram que o responsável pelos disparos de arma de fogo trata-se do pai do suspeito do estupro, de 55 anos, porém foi sugerida a extinção da punibilidade do investigado, uma vez que ele faleceu por Covid-19.

Thank you for watching

O crime

Segundo apurado, o suspeito de 34 anos estava em uma festa na residência da vítima da tentativa de homicídio e, após todos saírem para comprar bebida, se aproveitou da situação e estuprou a criança, que dormia no local. O homem foi surpreendido pelos moradores casa da praticando o ato. A menina foi submetida a exames, sendo confirmada a violência sexual.

O homem fugiu e foi perseguido. Em frente à residência dele, houve uma discussão entre as partes por causa do fato. Então, o pai do investigado saiu de casa portando um revólver e atirou contra o rapaz de 24 anos, pai da criança, que foi atingido com três disparos, mas não veio a óbito.

Na ocasião, também foi atingida fatalmente a vítima de 21 anos, que entrou para separar a briga. Na fuga, o homem recarregou sua arma e efetuou novos disparos contra o jovem, que já estava caído no chão. Ele, ainda, chegou a passar o carro por cima da vítima por três vezes antes de sair do local com o filho.

O inquérito foi encaminhado ao Poder Judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário