segunda-feira, maio 17, 2021

INCRA apura irregularidades no uso de terras em assentamentos em Laranjeiras do Sul , Nova Laranjeiras , Rio Bonito do Iguaçu, Candói e região

Aproximadamente cem imóveis do Programa Nacional de Reforma Agrária estão em condição irregular por não uso pelos seus beneficiários diretos. A Superintendência Regional do Incra no Paraná expediu notificações para que os evadidos apresentem defesa até o início do próximo mês. Conforme o órgão, há indícios de cedência da posse ou a propriedade da parcela recebida para uso e exploração de terceiros, de forma ilegal.

Conforme o Incra, caso não corrijam suas situações, poderá ocorrer o cancelamento do contrato de concessão de uso da área ou do título de domínio em favor dos interessados, com sua consequente exclusão do Programa Nacional de Reforma Agrária.  Formulário de Defesa

MAIOR IRREGULARIDADE é em RIO Bonito do Iguaçu  

O maior número de situações de irregularidade estão sendo apuradas nos assentamentos Ireno Alves Dos Santos, Marcos Freire e 10 de Maio em Rio Bonito do Iguaçu.  Relacao de Beneficiários Evadidos

Também constam da lista do Incra beneficiários dos assentamentos:
Laranjeiras do sul - Assentamento passo liso e 8 de junho 
Bituruna: assentamento 12 De Abril: assentamento Sonho De Rose
Candói: assentamentos PC Ilhéus e Mata do Cavernoso
Chopinzinho: assentamento Nova Conquista
Coronel Domingos Soares: assentamento Bom Retiro Butia
Francisco Beltrão: assentamento Missões
Honório Serpa: assentamentos Chopim, Chopim I, Chopim II, Chopim III, Chopim IV e Nova Terra
Mangueirinha: assentamentos Três Capões, Vitória da União do Paraná e Fazenda Covozinho
Marmeleiro: assentamento Fazenda Perseverança
Renascença: assentamento João de Paula
Saudade do Iguaçu: assentamento Nova Fartura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário