quarta-feira, maio 19, 2021

Bolsonaro sinaliza que deve aceitar pedágio por menor tarifa no Paraná

Após encontro com o governador Ratinho Júnior (PSD), na segunda (17), o presidente Jair Bolsonaro sinalizou, ontem(18), que deve aceitar a proposta do Paraná de que as novas concessões do pedágio no Estado sejam feitas por menor tarifa, sem cobrança de outorga. Até agora, o Ministério da Infraestrutura defendia a concessão por modelo híbrido, com leilão por menor tarifa, mas com limite de desconto de 17%. Em caso de empate, venceria quem pagasse o maior valor. 

Ratinho se reuniu, em Brasília, com Bolsonaro, e ontem, com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, para reafirmar que o Paraná não aceita a proposta de modelo híbrido para os novos pedágios, com cobrança de outorga, defendendo leilão por menor tarifa. Bolsonaro teria prometido pedir a Freitas que fizesse alterações na proposta do ministério para atender o Paraná.

Depois do encontro, Bolsonaro disse ontem que a questão das novas concessões do pedágio no Paraná “está praticamente resolvida”. “Tive com o Ratinho no dia de ontem, conversei, bati um papo com ele. Na segunda (ele) já despachou com o Tarcísio. Está praticamente resolvida a questão do pedágio no Paraná. Um assalto à mão armada. Com o trabalho eficiente do Tarcísio, com o bom entendimento por parte do governador Ratinho, está praticamente resolvido isso aí”, afirmou o presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário