domingo, abril 04, 2021

Fora do UFC, Anderson Silva acerta confronto de Boxe contra Julio César Chávez Jr em junho, no México: ‘Lutar é meu fôlego eterno’

Ex-campeão do UFC, Anderson Silva, aos 45 anos, irá retomar sua carreira para um novo desafio. O brasileiro vai encarar o mexicano Julio César Chávez Jr, de 35 anos e ex-campeão mundial, em uma luta de Boxe. Segundo o site TMZ, o confronto acontecerá no estádio Jalisco, em Guadalajara (MEX), no dia 19 de junho.

“Quando eu olho pra trás, para a minha jornada, vejo que nada foi em vão. Estou extremamente feliz pela oportunidade de testar minhas habilidades no Boxe com o Julio César Chávez Jr. Treino continuamente, sempre buscando resiliência e superando os obstáculos. Lutar é meu fôlego eterno”, afirmou a lenda do MMA.

Anderson deixou o UFC em outubro do último ano, quando perdeu para Uriah Hall por nocaute no quarto round. O “Spider” ainda tinha mais uma luta no seu contrato com a companhia, mas Dana White, presidente do Ultimate, informou que não daria mais nenhuma chance ao ex-campeão. Posteriormente, o brasileiro chegou a postar uma mensagem anunciando o fim da sua carreira, mas recuou e deixou o futuro em aberto.

Se no MMA, o cartel de Anderson é vitorioso, com 34 triunfos, 11 derrotas e um “No Contest”, no Boxe é modesto. O brasileiro tem apenas duas lutas: uma vitória sobre Julio César em agosto de 2005 e um revés, na estreia pela modalidade, em 1998, contra Osmar Luiz Teixeira. Ambos os combates foram no Brasil. O “Spider”, nos últimos anos, chegou a entrar em rumores de lutas com os ex-campeões mundiais Roy Jones Jr e Mike Tyson.

Chávez Jr, por sua vez, é ex-campeão dos médios da WBC e carrega um cartel com 52 vitórias, cinco derrotas e um empate. O pugilista é filho do icônico Julio César Chávez, que pertence ao Hall da Fama da modalidade. Inclusive, o lendário lutador, aos 58 anos, deve fazer uma disputa de exibição no card contra Hector Camacho Jr, que é filho de seu antigo oponente Hector “Macho” Camacho – que morreu em 2012. O atleta tem 42 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário