terça-feira, abril 13, 2021

16º BPM realiza Homenagens a POLICIAS da 2ª Cia de Laranjeiras do Sul que se destacaram em atendimento a Ocorrências

 



Na tarde desta terça-feira (13/04), o Comandante do 16° BPM, Major QOPM Cristiano M. Cubas de Lima, esteve presente na sede da 2a Companhia do 16° BPM, em Laranjeiras do Sul-PR, para participar de homenagens aos policiais que se destacaram durante atendimento de ocorrências, os quais, receberam elogios.

Na ocasião, foram homenageados o Sd. QPM 1-0 Henrique Rodrigues Marcondes e a Sd. QPM 1-0 Eliane Serpe, os quais, em 06 de agosto de 2020, em ocorrência de Apoio a Outros Órgãos, lograram êxito em ministrar os primeiros socorros em um cidadão que havia se engasgado e perdido a consciência, sendo que após a realização da Manobra de Heimlich, foram recuperados os sinais vitais da vítima, a qual foi posteriormente encaminhada pela equipe de saúde ao Hospital.

Foram também homenageados o Sd. QPM 1-0 Lucas Schran, o Sd. QPM 1-0 Thiago André Nickel e o Sd. QPM 1-0 Daniel Rodrigo Gomes Ferreira, por, em 29 de novembro de 2020, terem dado atendimento rápido e eficaz a uma ocorrência em que uma jovem estava engasgada e com as vias aéreas obstruídas. Os militares estaduais realizaram a Manobra de Heimlich e, em seguida, levaram a jovem com brevidade para cuidados médicos, salvando a vida da mesma.

Receberam também elogios, o Sd. QPM 1-0 Renato Marcondes Rocha e o Sd. QPM 1-0 Vinícius da Cruz Caldas, que, em 29 de dezembro de 2020, após abordagem à ônibus, realizaram a apreensão de cerca de 1.479 munições de calibres diversos, as quais estavam diretamente ligadas ao cometimento de crimes.

Por fim, foram também elogiados o Cb. QPM 1-0 Claudecir de Oliveira Garcia, o Sd. QPM 1-0 Iter Fernando Pedroso, o Sd. QPM 1-0 Alan de Paula Hofmann de Oliveira e, novamente, o Sd. QPM 1-0 Lucas Schran, por, em 16 de janeiro de 2021, enquanto realizavam atendimento de ocorrência, terem agido de forma rápida e profissional ao neutralizar dois indivíduos que vieram a realizar disparos de arma de fogo e a atentar contra a vida da equipe policial e dos demais presentes no local.

As atitudes acima citadas são exemplos para a Corporação, pois os policiais militares demonstraram alto grau de profissionalismo, dedicação e comprometimento com o cumprimento do dever de preservar a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário