sábado, fevereiro 20, 2021

Maioria da bancada do Paraná vota a favor da prisão de deputado do PSL; confira

A Câmara dos Deputados decidiu nesta sexta-feira (19) manter a prisão em flagrante e sem fiança do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que divulgou vídeo em que faz ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e defende o AI-5, ato institucional que abriu o período mais autoritário da ditadura militar no Brasil, no ano de 1968.

 Foram 364 votos a favor do parecer da relatora do caso, deputada federal Magda Mofatto (PL-GO), que recomendou a manutenção da prisão. 

 Outros 130 parlamentares votaram contra o parecer e três optaram pela abstenção. Entre os 30 deputados federais do Paraná, 19 votaram a favor do parecer da deputada de Goiás, pela manutenção da prisão; 10 votaram contra; e um parlamentar não participou da votação, Evandro Roman, do Patriota. Confira abaixo a posição de cada paranaense:

VOTARAM “SIM”, A FAVOR DA MANUTENÇÃO DA PRISÃO:
Aliel Machado (PSB)
Aroldo Martins (REPUBLICANOS)
Christiane Yared (PL)
Enio Verri (PT)
Felipe Francischini (PSL)
Giacobo (PL)
Gleisi Hoffmann (PT)
Gustavo Fruet (PDT)
Hermes Parcianello (MDB)
Leandre (PV)
Luciano Ducci (PSB)
Luiz Nishimori (PL)
Luizão Goulart (REPUBLICANOS)
Rubens Bueno (CIDADANIA)
Schiavinato (PP)
Sergio Souza (MDB)
Toninho Wandscheer (PROS)
Vermelho (PSD)
Zeca Dirceu (PT)

VOTARAM “NÃO”, CONTRA A MANUTENÇÃO DA PRISÃO:
Aline Sleutjes (PSL)
Boca Aberta (PROS)
Diego Garcia (PODE)
Filipe Barros (PSL)
Luisa Canziani (PTB)
Paulo Martins (PSC)
Pedro Lupion (DEM)
Ricardo Barros (PP)
Reinhold Stephanes Junior (PSD)
Sargento Fahur (PSD)

AUSENTE

Roman (PATRIOTA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário