quinta-feira, fevereiro 25, 2021

Confrontos com Guardas Municipais e Policiais Militares do Paraná, resultaram em 380 mortes em 2020

A coordenação estadual do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), unidade especializada do Ministério Público do Paraná, divulgou nesta quinta-feira, 25 de fevereiro, o número de mortes em confronto com policiais civis e militares e guardas municipais em 2020

A coordenação estadual do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), unidade especializada do Ministério Público do Paraná, divulgou nesta quinta-feira, 25 de fevereiro, o número de mortes em confronto com policiais civis e militares e guardas municipais em 2020.

Os dados do primeiro semestre do ano passado indicaram um total de 184 mortes, sendo 183 em confrontos com policiais militares e uma com guarda municipal (não houve mortes em confrontos com policiais civis). No segundo semestre, foram 196 mortes no total (sendo 192 em confrontos com policiais militares e quatro em confronto com guarda municipal – nenhum com policial civil envolvido), um aumento de 6,5% em relação ao primeiro semestre (foram 12 mortes a mais).

Nenhum comentário:

Postar um comentário