quarta-feira, janeiro 27, 2021

Retorno das aulas presenciais em formato híbrido traz dúvidas aos pais

O ano letivo de 2021 vai iniciar com o ensino híbrido, ou seja, com parte dos estudantes nas salas de aula e outra em casa por meio de tecnologia digital, podendo a interação acontecer nos dois cenários.

A capacidade reduzida a 50% obriga cada Colégio Estadual a organizar um cronograma para a possibilidade de rodizio entre os alunos. Se em uma sala com capacidade para 40 alunos, todos os pais autorizarem a volta presencial dos filhos, um grupo de 20 estudantes vai para o colégio durante uma semana e outro grupo de 20 vai acompanhar as aulas de casa.

Na semana seguinte acontece o contrário, quem ficou em casa vai para a escola e quem teve aula presencial será atendido de forma on-line.

O núcleo acredita que escolas do campo tem possibilidade de retorno presencial integral, dependendo da decisão de cada família, porque a capacidade de uma sala é muito superior ao numero de alunos. Os pais receberão um formulário de autorização nos próximos dias.

Ninguém é obrigado a mandar o filho para o ensino presencial. Quem fizer essa escolha precisa entender que a presença nas aulas, de forma remota, será obrigatória, de acordo com o turno que o filho está matriculado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário