segunda-feira, janeiro 25, 2021

Homem é preso após agredir , ferir esposa e mantê-la em ''CÁRCERE PRIVADO DENTRO DE UM VEÍCULO''


No domingo (25/01), por volta das 6h, em Mangueirinha-PR, bairro Morro Alto, após denúncia de violência doméstica via 190 informando que um homem havia esfaqueado a esposa e posteriormente obrigado ela a entrar em um carro, saindo em em rumo ignorado, policiais miliares realizaram diligências e em uma estrada rural visualizaram um veículo VW/Gol de cor prata parado com três pessoas em seu interior, sendo um homem, uma mulher e uma criança. 

Na abordagem, uma mulher de 40 anos, ao visualizar a viatura, conseguiu sair do veículo e correr em direção aos policiais, de pés descalço, nervosa e apresentando um corte profundo na mão esquerda, relatou que teria sido agredida pelo companheiro no interior da sua residência, e logo após, sobre ameaça de morte, foi obrigada a adentrar no veículo juntamente com a filha de 05 anos, onde foi levada e mantida em cárcere privado dentro veículo por aproximadamente uma hora naquela via, longe da sua residência. 

Que ela e a filha foram ameaçadas de morte constantemente pelo convivente, que estava armado com uma faca e um facão. O autor das agressões, 29 anos, confirmou os fatos. 

No painel do veículo, próximo ao volante, foi localizada uma faca de com 15 centímetros de lâmina, e ao lado do banco do motorista um facão com 50 centímetros de lâmina. 

A equipe PM deslocou até a residência do casal, onde encontrou um adolescente de 17 anos, irmão da vítima, o qual teve ferimentos superficiais no pescoço e costas, provocado por golpe de faca, desferido pelo próprio cunhado, após tentar defender a irmã das agressões. 

Diante dos fatos, o autor da violência recebeu voz de prisão e foi encaminhado junto com as vítimas e armas do crime para os procedimentos cabíveis. A mulher também foi encaminhada ao hospital de Mangueirinha, onde recebeu atendimento médico em virtude do ferimento profundo causado em sua mão esquerda. 

Comunicação Social do 3° BPM. 
Fotos: Polícia Militar. @ Pato Branco

Nenhum comentário:

Postar um comentário