domingo, 17 de maio de 2020

Laranjeiras do Sul - MULHER apanha do marido segundo testemunhas , aciona PM e não representa e na delegacia NEGA AGRESSÕES

A solicitante ligou no 190 relatando que sua vizinha estava sendo espancada pelo esposo. No local a equipe em contato com a vítima, a mesma passou a contar que seu esposo sempre chega do trabalho lhe chamando de palavras de baixo calão e que nesta data o mesmo chegou de um barzinho lhe chamando de puta, prostituta; momento em que seu esposo veio para cima da vítima e deu um tapa que pegou no pescoço dela, que correu e acabou caindo machucando sua perna direita.

           Relata ainda a vitima que os vizinhos vieram em sua defesa e tentaram agredir o autor e que a vítima pediu que não fizessem isso e pediu para chamar a policia. A equipe deu voz de prisão ao autor e encaminhou até a 2 ª SDP para os procedimentos. A vítima foi atendida no Hospital foi medicada e liberada. 

O autor também foi encaminhado para atendimento médico por estar com o antebraço esquerdo machucado, segundo o autor, ele foi agredido por vizinhos que investiram contra ele por que acharam que ele ia machucar a esposa, o qual foi medicado e liberado. Na delegacia a vítima alegou não ter sido agredida em nenhum momento pelo autor, não desejando representar nesta oportunidade, sendo cientificada do prazo decadencial de 06 (seis) meses. A vítima também não deseja requerer medida protetiva, pois, alega que o autor irá embora para o Paraguai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário