terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Projeto ''GRALHA AZUL'' incentiva o plantio e conservação das ARAUCÁRIAS

Parceria firmada entre a Embrapa Florestas e a ENGIE, por meio do Sistema de Transmissão Gralha Azul, vai incentivar o plantio de araucárias (Araucaria angustifolia), bem como a estruturação de um banco genético para conservação da espécie no estado do Paraná.

A parceria prevê a instalação de 13 Unidades de Referência Tecnológica (URTs) de técnicas de plantio de araucária – associada a outras espécies da Floresta Ombrófila Mista – em propriedades de agricultores paranaenses, como estratégia de transferência de tecnologia e estabelecimento de coleção de material genético.

Outro ponto interessante do projeto é a inclusão de caixas de abelhas sem ferrão nas URTs. As abelhas podem ser uma fonte de renda para produtores e também funcionam como um indicador de qualidade ambiental das áreas.
Incentivo ao plantio

As URTs vão servir como modelo para adoção da tecnologia para outros produtores rurais. A intenção é realizar dias de campo e outras ações para que conheçam como fazer e sintam-se incentivados a plantar araucária, conservá-la e, como consequência, ainda gerar renda.

A instalação das unidades tem o apoio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR), responsável pela extensão rural e pesquisa agropecuária no estado. O IDR vai apoiar a organização de produtores e parte da capacitação do projeto. Com isso, uma forte equipe de engenheiros florestais e agrônomos do IDR poderá usar as URTs em seu processo de trabalho.
Banco genético com variabilidade

Outro braço da parceria prevê a instalação de um banco de conservação de Araucaria angustifolia, que consiste em uma grande área destinada ao plantio de araucárias, a ser realizado de forma criteriosa. A criação do banco busca garantir que a variabilidade genética da população natural esteja totalmente representada no plantio. Assim, ameaças à erosão genética dentro da espécie podem ser evitadas ou revertidas, caso necessário.

Como exemplo de outras ações adotadas pela ENGIE nos últimos anos, está a doação e o plantio de mais de 700 mil mudas somente no estado do Paraná, sendo que em 2019 foram mais de 50 mil mudas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário