quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Policial penal foi morto por causa de foto nas redes sociais

Uma escolha aleatória” foi assim que a Polícia Civil definiu o porquê da morte do agente penitenciário Lourival de Souza, de de 49 anos. As investigações sobre o assassinato, que aconteceu em 12 de agosto, na cidade de Piraquara, região metropolitana de Curitiba (RMC), foram concluídas nesta quarta-feira (9). 

De acordo com a Polícia, os mandantes do crime tiveram acesso a fotos postadas em redes sociais em que a vítima mostrava que trabalhava no grupo operacional do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen).

Neste caso em específico, o delegado Paulo Caldas, da Delegacia de Piraquara, comentou uma imagem em que Souza aparece segurando uma arma calibre 12. O detalhe, porém, estava ao fundo da imagem em questão onde aparecia uma viatura do Setor de Operações Especiais (SOE) do Depen.

As equipes do SOE são habilitadas para atuar em situações de crise nas unidades de sistema prisional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário