segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Alemanha fecha comércio e escolas até 10 de janeiro para frear casos de Covid-19

A Alemanha vai fechar o comércio e as escolas entre os dias 16 de dezembro e 10 de janeiro para conter a propagação da Covid-19 no país, anunciou a chanceler Angela Merkel no domingo (13). Apenas serviços essenciais, como supermercados, farmácias e bancos, poderão funcionar neste período.

As empresas estão orientadas a dispensar os funcionários ou a priorizar o trabalho remoto. O governo alemão também proibiu o consumo de bebidas alcóolicas em locais públicos para evitar aglomerações.

O país está em "lockdown" parcial há seis semanas, com bares e restaurantes fechados, mas lojas e escolas continuavam abertas. Com o aumento das infecções, algumas regiões da Alemanha já haviam imposto medidas mais rígidas de restrição.

O governo apoiará as empresas afetadas com um investimento de 11 bilhões de euros (cerca R$ 67,5 bilhões) por mês. As empresas que forem forçadas a fechar poderão receber o equivalente a 90% dos seus custos fixos, com o limite de 500 mil euros (cerca de R$ 3 milhões) por mês.

Encontros e reuniões privadas continuam a ser limitadas no país, que já as limita a cinco pessoas (de no máximo dois grupos familiares). Para as festas de Natal, o governo promete flexibilizar a norma para que as famílias possam comemorar juntas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário