domingo, 6 de dezembro de 2020

Advogado preso em Pitanga - Garruchão e maconha foram apreendidos com três indivíduos

Por volta das 18h45min do dia 04 de dezembro de 2020, a equipe Choque durante operação sinergia realizou levantamento de informações de que na Rua Otacílio Nunes Bomfim estaria havendo tráfico de entorpecentes.

Diante dos fatos foi reforçado o patrulhamento na região e em dado momento foi visualizado três indivíduos no interior da residência. Foi entrado em contato com o Senhor de 63 anos, que se identificou como dono da residência, perguntado quanto a existência de ilícitos na residência este afirmou haver apenas uma espingarda de pressão.

Em ato contínuo a equipe percebeu que do interior da residência exalava forte odor de maconha, foi realizado buscas na residência e localizado uma sacola contendo substância análoga a maconha, uma balança de precisão em funcionamento e dois tabletes da mesma substância na parte superior do sofá em meio a mais roupas. Foi localizado mais um tablete grande da mesma substância.

No total o localizado se somou 1 quilo e 489 gramas de substância análoga a maconha, dividida em 3 tabletes e uma sacola, sendo possível verificar que estavam realizando o fracionamento dos tabletes. 

Questionado sobre a quem pertencia a referida droga, os três informaram ser de sua propriedade, porém, o senhor de 38 anos relatou que levou a droga até o local.

Em ato contínuo o senhor de 63 anos se identificou como Advogado e apresentou seu nº da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Diante disso foi solicitado via Copom para que informasse a AOB Pitanga sobre os fatos.

Os outros dois abordados foram identificados, um de 38 anos e outro de 46 anos. No local não foi localizado nenhum vestígio de uso do entorpecente.

Questionados sobre a existência de mais ilícitos em suas residencias, o masculino de 38 anos afirmou que em sua residência havia uma arma de fogo do tipo garruchão.

A equipe deslocou até outra residência e localizou embaixo do colchão da sua cama, um garruchão calibre 40 sem marca aparente e três cartuchos recarregados do mesmo calibre.

Diante dos fatos, os envolvidos e os ilícitos foram encaminhados até a 45ª DRP para as providências. Cabe ressaltar que para a condução dos indivíduos não foi necessário o uso de algemas. 

Na Delegacia se apresentou a filha do senhor de 63 anos como sua defensora nº da OAB, e neste momento este senhor retirou certa quantia em dinheiro do interior do seu sapato e entregou para a sua filha e defensora. Cabe ressaltar que foi informada a Presidente da OAB Pitanga do ocorrido

Nenhum comentário:

Postar um comentário