sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Prefeitura de Guarapuava proíbe bailes e baladas e muda restrições para bares e restaurantes

Em um novo decreto, publicado nesta quinta-feira (5), a Prefeitura de Guarapuava, na região central do Paraná, estabeleceu novas regras para o funcionamento de bares e restaurantes e proibiu bailes e baladas.

As novas restrições valem a partir desta sexta-feira (6) e foram estabelecidas devido aos índices de contágio das últimas semanas, segundo o texto.

Em um decreto anterior, no final de setembro, o município havia relaxado algumas medidas restritivas diante da pandemia do novo coronavírus. A abertura de casas noturnas e realização de eventos, por exemplo, estava permitida.

Conforme a determinação, bares e baladas ficam proibidos pelos próximos 45 dias.

O município determinou que bares e restaurantes, praças de alimentação em galerias e shopping e outros estabelecimentos do gênero alimentício só podem atender até 0h. Nestes estabelecimentos, a capacidade máxima de lotação a ser respeitada é de 50% do que comporta o local.

Festas particulares

No decreto desta quinta-feira, a prefeitura manteve a permissão para a realização de casamentos, festas de aniversário e eventos similares, sob restrições.

Os organizadores devem garantir o distanciamento de, no mínimo, dois metros entre as pessoas, devem verificar a temperatura dos participantes da festa e oferecer álcool gel 70º.

Todos os presentes no evento precisam usar máscaras. O decreto também determina o limite de capacidade do local do evento em 50% da área útil do espaço.

Para a realização de eventos deste tipo, segundo o texto, os organizadores devem protocolar e encaminhar uma ficha de cadastro e um plano de contingência junto ao município, no mínimo 10 dias antes da realização da festa.

No caso de eventos infantis, os organizadores terão que disponibilizar monitores para conferir o cumprimento de medidas. Além disso, quando houver espaço kids, cada brinquedo poderá ser ocupado por no máximo três crianças, com limite de tempo e rodízio;

Nenhum comentário:

Postar um comentário