quinta-feira, 5 de novembro de 2020

CASTRO - Policia Civil de Castro prende PAI condenado de abusar sexualmente da própria FILHA, ÓRFÃ DE MÃE

A Polícia Civil de Castro através do setor operacional deu cumprimento a um mandado de prisão em ação condenatória de 14 anos, pela prática do crime de estupro de vulnerável, cuja vítima era uma criança de 11 anos a época dos fatos, em 2016.

Segundo relatos da vítima, o pai se favorecia da condição de genitor para praticar os abusos na própria residência da família. A mãe da infante é falecida e na casa moravam apenas ela, o irmão de 10 anos e o criminoso. A prisão ocorreu na tarde do dia 05/11/2020, nas proximidades do Jardim Colonial.

Ressalta o setor operacional da 43° DRP, que apenas nos dois últimos meses já são 6 prisões de crimes desta natureza e reforça o compromisso rigoroso e emergente em dar fiel cumprimento aos mandados desta tipificação penal. O condenado permanecerá a disposição da Justiça e encontra-se encarcerado a Cadeia Pública de Castro.

O que diz a lei?

O estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do Código Penal, consiste em ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos. A pena prevista é de reclusão, de 8 a 15 anos.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais na região. Você, cidadão de bem, que tem conhecimento de crime desta natureza, *denuncie*. Ajude-nos a proteger nossas crianças. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Para resguardar a identidade da vítima, o nome do condenado não será divulgado.

Informações e Imagem 13 SDP de PG

Nenhum comentário:

Postar um comentário