quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Abuso sexual de enteadas complica casal em PG

Mãe das adolescentes mantinha relação sexual na presença das filhas como também as obrigava a participarem da prática sexual entre o casal

A Polícia Civil de Ponta Grossa, através do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), deu cumprimento a dois mandados de prisão, na manhã desta quarta-feira (18), no Núcleo Dom Bosco, pela prática dos crimes de estupro de vulnerável e favorecimento da prostituição.

A delegada Ana Paula Cunha Carvalho explica que as investigações se deram após denúncia de que duas adolescentes (15 e 12anos) estavam sendo obrigadas a manter relação sexual com o padrasto (47 anos) para poderem receber comida e artigos de higiene pessoal, como shampoo e absorventes.

Ainda, relata a delegada, a mãe das adolescentes (31 anos) mantinha relação sexual na presença das filhas como também as obrigava a participarem da prática sexual entre o casal. Após o cumprimento do mandado, o casal foi encaminhado ao presídio Hildebrando de Souza onde permanecerá a disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário