segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Tribunal do Júri de São João condenou a 21 anos, 11 meses e 28 dias de reclusão em regime fechado um homem que tentou matar sua companheira.

O Tribunal do Júri de São João condenou a 21 anos, 11 meses e 28 dias de reclusão em regime fechado um homem que tentou matar sua companheira. Conforme a denúncia, em 22 de novembro de 2018, o homem atacou a vítima a facadas, por ciúme, diante dos filhos dela, de dois e 13 anos. A mulher sobreviveu por ter sido socorrida e encaminhada para atendimento médico a tempo.

A condenação se deu nos termos da denúncia apresentada pelo Ministério Público do Paraná, considerando as qualificadoras de tentativa de feminicídio, motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. Além disso, a pena foi aumentada porque o crime foi praticado na presença dos filhos.

O réu já estava preso e não poderá recorrer da sentença em liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário