quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Se a MODA PEGA - PF faz operação e mira fraude eleitoral , 75 transferências de domicílio eleitoral foram feitas com comprovantes de endereço falsos.

A Polícia Federal (PF) realiza uma operação, na manhã desta quarta-feira (13), contra fraude eleitoral em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com as investigações, pelo menos 75 transferências de domicílio eleitoral foram feitas com comprovantes de endereço falsos.

Quatro mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos. A RPC apurou que um deles é no gabinete da vereadora Maria Janeide de Souza Piacentini, na Câmara Municipal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Conhecida como Jane Carteira, a vereadora é uma das candidatas à reeleição da cidade neste ano.

Investigações

Pela lei eleitoral, a transferência é realizada quando o eleitor muda seu domicílio eleitoral para outra cidade. Esse serviço implica emissão de um novo título, mas o número de inscrição eleitoral permanece o mesmo. A transferência só pode ser solicitada pelo próprio eleitor.

Com o esquema, a vereadora pretendia angariar mais eleitores para o município, segundo a PF.

Ainda conforme a PF, os pedidos de transferências com documentos falsos estavam vinculados aos assessores da vereadora.

Além das transferências irregulares, a PF também identificou indícios de que as multas eleitorais dos títulos com situação eleitoral irregular foram pagas pelos investigados.

"Há evidências de que a estrutura da Câmara Municipal de Vereadores foi utilizada para cometimento do crime", afirmou a PF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário