quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Perturbação zero - PM endurece ações a partir de hoje para garantir tranquilidade em Cascavel

Capitão Astori (Comandante da 1ª Companhia da Polícia Militar de Cascavel) tem estudado as condições de atendimento do 6º BPM (Batalhão da Polícia Militar), entendendo que 20% das chamadas do 190, telefone de urgência, são relacionadas a perturbação de sossego.

Desta forma, o comando buscou junto ao judiciário ações para enrijecer as penalidades nas questões que envolvam som alto.

A partir deste final de semana, as condições em questão mudam em Cascavel e, com a nova diretriz, a Polícia Militar terá mais facilidade em findar situações que trazem prejuízo à paz da comunidade em geral.

Astori detalha que a grande maioria dos flagrantes realizados pelos órgãos de fiscalização terão rápida apreensão dos aparelhos sonoros, sendo que, em alguns casos, as vítimas não precisarão deslocar ao Fórum para fazer as representações.

Esta nova modalidade de flagrante será possível através dos aparelhos decibelímetros que foram entregues aos setores de segurança, auxiliando nos procedimentos. Outra nova norma será a retenção e perda dos equipamentos sonoros, que muitas vezes, ao findar do processo, retornavam às mãos dos infratores. Ou seja, a partir de hoje, além do procedimento junto à Justiça, os contraventores terão o prejuízo financeiro.

O comandante da 1ª CIA destaca que o objetivo não é lesar a população, mas as medidas drásticas estão sendo estabelecidas para tentar conter este problema que assombra há muito tempo as pessoas que precisam descansar, independente do horário, sendo dia ou noite.

Então, o alerta está lançado!! Quem não quiser se complicar diante de situações de perturbação de sossego, deve se comportar, pois um grande efetivo estará nas ruas, combatendo todas as reclamações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário