quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Homem é condenado a quase 22 anos de prisão por tentativa de feminicídio em São João

Na terça feira, dia 06, foi realizado o segundo júri semipresencial do mês (neste período “pós- pandemia”) na Comarca de São João.

Esteve sentado no banco dos réus, Ivo Rodrigues de Lara, acusado pelo crime de tentativa de feminicídio, fato ocorrido no Bairro Primavera na cidade de São João, no dia 22 de novembro de 2018, onde foi vítima, Juliana Zvetz, a qual foi atingida na ocasião por vários golpes de faca.

Com duração de aproximadamente de 8 horas, o júri encerrou próximo das 17 horas onde o réu foi condenado a 21 anos, 11 meses e 28 dias de reclusão em regime fechado.

O júri foi presidido pelo Juiz de Direito da Comarca de São João, Dr. Márcio Trindade Dantas. Na acusação, representando o Ministério Público atuou a Promotora de Justiça Dra. Thayná Regina Navarros Cosme e na defesa do Réu atuou a advogada Dra. Maiana Poleis de Chopinzinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário