sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Governo do Paraná vai 'testar' volta às aulas presenciais em 50 cidades com baixos índices de Covid-19

As secretarias de Estado de Saúde (Sesa) e de Educação (SEED) definiram nesta quinta (8) que as aulas presenciais vão retornar na rede estadual de ensino em cerca de 50 escolas de 30 cidades do Paraná de seis regionais do Estado, onde os índices de transmissão da covid-19 estão baixos.

 As cidades que participarão do 'teste' ainda não foram definidas mais fazem parte de seis regionais do Estado: Ponta Grossa, Cianorte, Umuarama, Wenceslau Brás e Pato Branco. Representantes do Ministério Público do Paraná (MPPR) também tem participado das reuniões que estão definindo como será esse retorno, que está previsto para o dia 19 de outubro.

De acordo com informações do telejornal, num primeiro momento retornaram às aulas estudantes do oitavo e nono ano do Ensino Fundamental e do terceiro ano do Ensino Médio.

Segundo a proposta, o plano-piloto deve durar de duas a três semanas, quando serão analisados todos os dados e se der certo, poderá ser implantado em outras cidades, assim o retorno às aulas no Paraná seria gradativo. O plano-piloto seguirá todas as normas já aprovadas pela Sesa e pela Seed no chamado Protocolo de Retorno de Aulas Presenciais no Paraná. 

De acordo com o documento, os estudantes serão divididos em grupos, que farão revezamento permanecendo por uma semana em aulas presenciais e por uma semana em aulas remotas (on-line). As escolas terão que fazer o levantamento sobre quantos alunos retornarão às aulas e quantos continuarão no ensino online, para organizar o retorno de maneira que haja o distanciamento mínimo de 1,5 metros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário