segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Sudoeste terá mais um trecho incluído na proposta de pedágio

Um decreto publicado pela presidência da República lista os trechos de rodovias federais paranaenses que estarão na proposta de concessão. O documento é uma formalidade para o leilão das rodovias e inclui um trecho localizado na região Sudoeste. É parte da BR-163, que liga Barracão até a ponte sobre o Rio Iguaçu, em Realeza. 

Dali em diante, até Guaíra, a rodovia também será concedida para a iniciativa privada. Dentro do Sudoeste, este trecho possui quase 130 km, passando por Santo Antônio do Sudoeste, Pérola D’Oeste, Planalto e Capanema. É uma das principais ligações da região de fronteira e rota entre o Extremo Oeste de Santa Catarina com o Oeste do Paraná e Mato Grosso do Sul. Este é o segundo trecho incluído no pacote de novas concessões para o pedágio. O decreto federal não informa sobre as rodovias estaduais, mas o Governo do Estado também pretende incluir o Corredor Sudoeste (PR 280 entre Realeza e Palmas), no leilão. Atualmente, a região não tem nenhuma praça de pedágio e as condições das rodovias são objeto de constantes pedidos de entidades junto aos governos. Nas próximas semanas, a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) deve enviar o modelo de edital à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Governo do Paraná. 

Depois, serão feitos ajustes e audiências públicas para explicar os critérios do leilão e a proposta ainda passará pelo crivo do Tribunal de Contas da União (TCU). A publicação dos editais está prevista para março de 2021 e o início da concessão em novembro. 

Segundo a Gazeta do Povo, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) indicou que a concessão deve ser feita às empresas que apresentarem uma combinação entre o maior desconto no valor do pedágio cobrado do usuário e a maior outorga paga à União.

Com JB

Nenhum comentário:

Postar um comentário