sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Quanto mais postergar a abertura da Ponte da AMIZADE , mais tarde será a recuperação econômica, diz prefeito de Ciudad Del Este

Quanto mais tempo demorar para abrir a Ponte Internacional da Amizade, mais tarde será a recuperação econômica de Ciudad del Este.

A avaliação é do prefeito Miguel Prieto, ressaltando que a abertura da via que une a cidade a Foz do Iguaçu, no Brasil, poderá dar um “respiro” à queda econômica local, onde vários comércios fecharam e outros terão dificuldade para se recuperar a curto e médio prazo.

“Porém, quanto mais postergarmos a abertura da Ponte, mais tarde será a recuperação econômica da cidade”, disse Prieto, que nesta sexta-feira participa de uma reunião com o governo do departamento de Alto Paraná para definir o protocolo que regirá a reabilitação do trânsito de fronteira, informa a Rádio Cultura.

Prieto ressaltou ainda, que a participação dos empresários na definição do protocolo é fundamental. “Mais importante que a minha presença, é a presença dos comerciantes, camelôs e outros trabalhadores”, disse.

Associações comerciais e empresariais, além de autoridades regionais, trabalham nos últimos meses em protocolos para a reativação do comércio de fronteira.

A reunião de hoje servirá para unificar estas propostas, contemplando as medidas sanitárias e de segurança que deverão ser implementadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário