domingo, 13 de setembro de 2020

POLÍTICA - PSD confirma Robson Cantu candidato a prefeito de Pato Branco

Partido Social Democrático (PSD) de Pato Branco, realizou sua convenção às eleições municipais deste ano na noite da sexta-feira (11), na Câmara Municipal de Pato Branco, quando confirmou o nome do empresário Robson Cantu como candidato ao Executivo.

A validação ocorreu pela manifestação do Chefe da Casa Civil do Estado do Paraná, Guto Silva, com apoio do governador e presidente estadual do PSD, Ratinho Junior.

Guto afirmou que “o Robson ganhou experiência política, percorreu um caminho buscando acompanhar o que acontecia na cidade, mas em outros locais que são bons modelos”, disse.

Ele lembrou ainda que este será um pleito eleitoral diferente dos processos anteriores devido a pandemia, afirmando assim, que todos deverão se adequar a esse momento.

Além do PSD, foram realizadas ainda no mesmo local, as convenções de Republicanos, Partido Progressistas (PP) e Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), formando assim uma aliança pela majoritária em torno do nome de Cantu.

Cantu disse ser uma honra ser candidato na cidade em que nasceu, e onde se preparou para ser empresário. Ele se disse preparado para governar a cidade, e “realizar sonhos. Juntos com o governador é possível fazermos de Pato Branco uma cidade de oportunidades a todos, e sim, mostramos a importância de ir do bairro para o centro.”

Se dizendo mais preparado pelo aprendizado dos últimos anos Cantu, disse acreditar que “o prefeito tem que ser humano. Ele tem que entender a necessidade das pessoas mais necessitadas.”

Na noite dessa sexta não foi anunciado o nome do vice-prefeito da coligação. Pela legislação eleitoral as convenções devem ocorrer até a quarta-feira (16), quanto aí sim, todos os nomes do processo eleitoral serão conhecidos.

Proporcionais

Os quatro partidos que realizaram suas reuniões na sexta também encaminharam as nominatas paras de vereadores. O PP foi o único que não apresentou nenhum nome, enquanto que o PSD, 17; Republicanos, 17 e o PRTB, 14.

Nenhum comentário:

Postar um comentário