sexta-feira, 4 de setembro de 2020

IDOSO de 72 anos é preso , por estupro da NETA de 32 anos portadora de deficiência mental no Paraná

No final da tarde de ontem (03.09.2020), a Polícia Civil, através da Delegacia da Mulher de Pato Branco, prendeu preventivamente indivíduo de 72 anos, acusado do crime de estupro de vulnerável por abusar sexualmente de sua neta de 32 anos, portadora de deficiência mental, crime ocorrido no Município de Vitorino.

Segundo apurado, os abusos ocorreram por um período de dois meses, quando o investigado foi morar com a vítima para cuidar dela, pois a genitora precisou ficar com a mãe, esposa do investigado, em casa hospitalar.

Os exames periciais confirmaram o abuso.

''Interrogado, o investigado disse ter praticado o ato apenas uma vez, alegando que em razão de seu estado de embriaguez entrou por engano no quarto da vítima e achou que ela fosse sua esposa''

O crime de estupro de vulnerável prevê pena de reclusão, de 08 a 15 anos e, neste caso, há aumento de metade, por ser o acusado ascendente da vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário