terça-feira, 1 de setembro de 2020

Deputados do Paraná estão entre os que MAIS gastaram durante a PANDEMIA

Quatro deputados federais do Paraná estão entre os líderes de gastos feitos com hospedagem, alimentação e locação de veículos, durante a pandemia da Covid-19. Boca Aberta (PROS), Hermes Parcianelo (MDB), Fernando Giacobo (PL) e Filipe Barros (PSL) estão na lista. 

O levantamento foi feito pelo portal R7, baseado nos dados divulgados pela Câmara. O deputado londrinense Boca Aberta gastou cerca de R$ 133 mil entre abril e junho. No ranking nacional dos gastadores ele ocupa a terceira posição geral. O conterrâneo Filipe Barros gastou R$ 3.597, 46 com hospedagens. Ele justificou que os deputados não existem apenas para apertar botões quando há votação e que embora as sessões sejam remotas, o trabalho do parlamentar junto às suas bases não é.

Já o goioerense Hermes Parcianello, Frangão, aparece como o deputado que mais gastou com divulgação neste mesmo período, foram cerca R$ 114 mil reais.

O pato-branquense Fernando Giacobo gastou cerca de R$ 8 mil com hospedagem e mais R$ 11 mil com locação de aeronave. Em relação à hospedagem, através das notas fiscais apresentadas foram 13 diárias em Curitiba, 2 em São Paulo e uma em Foz do Iguaçu. Ele justificou que longe de Brasília, foca sua rotina no estado. A capital paranaense é o local onde ele escolhe para dormir após visitas à cidades como Guarapuava e Campo Largo. A base dele fica no extremo oeste do estado, em Foz do Iguaçu.

Todo deputado federal têm direito a uma cota parlamentar – ela serve para pagar as despesas de mandato, como combustível, passagens, conta de celular e material de escritório. Os deputados do paraná tem direito R$ 38.871,86 por mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário