sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Coronavírus - Decreto permite abertura de casas noturnas e eventos em Guarapuava

A Prefeitura de Guarapuava, na região central do Paraná, divulgou nesta quinta-feira (24) que irá publicar um decreto autorizando a reabertura de casas noturnas e realização de eventos a partir de sábado (26), na cidade.

No decreto, a gestão municipal ainda relaxou outras medidas referentes ao funcionamento de comércios, academias, entre outros, mas manteve o uso obrigatório de máscara.

Guarapuava tem 634 casos de oito mortes provocadas pela Covid-19, segundo boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), de quarta-feira (23). Em todo o Paraná são 167 mil diagnósticos e 4,2 mil mortes.

Os eventos poderão ser feitos em ambientes abertos ou fechados, com duração máxima de seis horas, conforme o decreto. No entanto, deverão ser aprovados pela prefeitura com 10 dias de antecedência e seguir as seguintes normas:

Limitação máxima de 50% do público;
Verificar a temperatura dos participantes, não permitindo a entrada de pessoas com mais de 37º C;
Uso obrigatório de máscaras e não compartilhamento de objetos;
Manter distanciamento social e entre mesas;
No caso de eventos infantis, os organizadores terão que disponibilizar monitores para conferir o cumprimento de medidas. Além disso, quando houver espaço kids, cada brinquedo poderá ser ocupado por no máximo três crianças, com limite de tempo e rodízio;
Desinfecção de ambientes e atenção às normas de higienização.

Segundo o decreto, cabe ao organizador do evento e proprietário do espaço o cumprimento e fiscalização das normas estabelecidas.

Comércio, shoppings e academias

Segundo a prefeitura, atividades do comércio essenciais e não essenciais poderão funcionar livremente, sem horário determinado, a partir de sábado (26).

A medida também vale para shoppings, galerias, lojas de conveniência, cinema, entre outros.

Segundo a prefeitura, a capacidade máxima permitida para esses ambientes será de 75% do público.

Em relação às academias, estúdios e escolas de atividades esportivas, terão que medir a temperatura dos alunos, não permitindo a entrada de pessoas com mais de 37º C.

De acordo com o decreto, as academias poderão funcionar com capacidade de 75% do público, ou de um aluno para cada dois metros.

A prefeitura também autorizou a reabertura de bares e restaurantes que ficam em clubes, quadras sintéticas, pesque-pague, inclusive com a venda de bebidas alcoólicas, com medidas sanitárias e uso de máscaras.

Transporte coletivo

O decreto também autorizou a volta do transporte coletivo de forma integral, com capacidade máxima.

A gestão municipal informou que irá proibir a entrada de passageiros sem máscaras e que vai disponibilizar ônibus extras para evitar aglomerações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário