segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Após queda de 80% na produção de laticínios no Paraná, negócios começam a retomar a normalidade

Depois de uma queda de 80% na produção de laticínios no Paraná, os negócios começaram a retomar a normalidade. O período de incerteza no setor teve início junto com a pandemia do novo coronavírus.

A produção de queijos movimenta mais de R$ 2 bilhões de reais por ano no estado, de acordo com o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), feito em 2018.

Sudoeste

Uma das maiores bacias leiteiras do estado fica no sudoeste , a produção de queijo colonial – que é o forte da região.

Os laticínios do sudoeste paranaense enviam parte da produção para hotéis e restaurantes de todo estado e ainda de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Com a retomada das atividades em algumas cidades desses estados e com as adaptações que donos de estabelecimentos fizeram para retomar o atendimento dos clientes por delivery, as vendas foram reaquecidas.

Representantes do setor também disseram que a valorização do dólar reduziu a importação de queijos, abrindo mais espaço para os produtores nacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário