sexta-feira, 10 de julho de 2020

Policia CIVIL localiza MÃE e FILHO em estado sub humano vivendo em MEIO a MATA em RESERVA do IGUAÇU

 
A Polícia Civil de Pinhão indiciou uma mulher de 19 anos por maus tratos a uma criança de 1 ano e 5 meses. 

De acordo com PC, ambos estariam desaparecidos desde o último domingo (05). Ainda conforme a Polícia, o Órgão da Polícia Civil (SICRIDE), entrou em contato com a delegacia de Pinhão relatando sobre o paradeiro das pessoas desaparecidas na localidade de Paineiras, conforme consta no boletim de ocorrência, a suspeita de que a jovem de 19 anos e o filho estariam sendo mantidas em cárcere privado pelo ex-companheiro.

Diante da situação, os investigadores da Polícia Civil deslocaram juntamente com o padrasto da Jovem e uma testemunha que sabiam a localização exata do paradeiro de ambos, sendo um local de difícil acesso, no meio do mato, sendo necessário andar a pé numa distância aproximada de hum mil e quinhentos metros, segundo o relatório dos investigadores, a criança estaria junto com a mãe e o ex-companheiro em condição sub humanas em um barraco de lona, ainda durante a abordagem policial a mãe esclareceu que estava naquele local por vontade própria, e que não foi ameaçada pelo homem, e dessa forma restou descaracterizado o cárcere privado, o conselho tutelar de Reserva do Iguaçu foi acionado os quais resolveram repassar a guarda provisória da criança para a avó materna da criança, até parecer do Ministério Público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário