segunda-feira, 13 de julho de 2020

Guarapuava recebe hospital regional com 20 leitos de UTI e 60 de enfermaria exclusivos para Covid-19

O governador Ratinho Junior (PSD) inaugurou um hospital exclusivo para ajudar no combate à Covid-19 em Guarapuava, na região central do Paraná, no fim da manhã desta segunda-feira (13).

O Hospital Regional tem 20 leitos de UTI, podendo chegar a 30, e 60 leitos de enfermaria, que também podem ser ampliados para 80, segundo Ratinho.

"Esse hospital é extremamente importante para Guarapuava e toda a região. Nós, desde o início do governo, nós estamos fazendo um trabalho de descentralizar a saúde. Ou seja, fazer com que a saúde fique mais próxima das pessoas, evitando que os pacientes tenham que andar 200,300 e até 500 quilômetros de ambulância", disse o governador.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), as atividades no hospital devem iniciar após um procedimento de limpeza e desinfecção do hospital. A estimativa é de que comece a receber pacientes entre o final desta semana e início da próxima.

A unidade hospitalar vai contar com 180 profissionais e custou R$ 115 milhões, ainda conforme a administração estadual, e vai atuar de maneira integrada com o Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba.

Depois que passar a pandemia do coronavírus, destacou Ratinho, o hospital será redirecionado para atender pacientes em geral. "Pra nós é uma alegria muito grande porque, diferente de um hospital de campanha, é uma estrutura que vai ficar para a população para as próximas décadas", afirmou.

Até domingo (12), Guarapuava tinha 268 caso confirmados de Covid-19 e três mortes pela doença. Em todo o Paraná são 42.058 confirmações e 1.028 mortes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário