sexta-feira, 24 de julho de 2020

Filhos que mantinha a mãe idosa em situação insalubre são presos pela Polícia

Policiais civis da Delegacia da Mulher de Foz do Iguaçu, com apoio da GM e PM prenderam em flagrante pela prática dos crimes de apropriação de proventos de idoso e expor a perigo a saúde de idoso, homem, 47 anos de idade, e mulher, 52 anos de idade, filhos da vítima, uma idosa de 82 anos de idade, no bairro Vale do Sol.

Com a chegada dos policiais a residência, estes se depararam com a filha, a qual é responsável pela idosa. Ao questionarem sobre a vítima, a suspeita informou que a mesma estava no quarto, quando para surpresa dos investigadores a porta dos aposentos estava acorrentada e trancada com cadeado.

Ao abrirem a porta do quarto, a equipe se separou com a idosa em situação bastante debilitada, aparentando extrema desnutrição, forte odor de urina e fezes, defecada, um verdadeiro desamparo.

Ainda ao lado da residência da suspeita, os polícias localizaram o filho a vítima, o homem de 47 anos, o qual afirmou não ser responsável pela idosa, no entanto, foi autuado pelo crime de expor a perigo a integridade física de idoso, o qual assinou termo circunstanciado assumindo o compromisso de comparecer em juízo.

Segundo as investigações, a filha era a responsável de prestar cuidados a idosa, inclusive, a responsável pelo recebimento da aposentadoria da genitora.

Diante da extrema crueldade, debilitação da vítima e péssimas condições de higiene da idosa, a mesma foi encaminhada ao UPA para atendimento hospitalar.

A Delegada da Delegacia da Mulher, Monica Ferracioli, ressalta que trata-se do segundo flagrante em um mês envolvendo idosos em extrema situação de abandono e crueldade, esse tipo de trabalho é verificado e tratado com total cuidado e responsabilidade preservando a integridade destes idosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário